.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Notícias de Lavos

As Festas da Comunidade Lavoense para 2014,  vão ter  sete iniciativas que se realizam em lugares diferentes da freguesia.
O  programa tem início em Abril, com o “Cantar das Almas Santas”  (há mais de 55 anos que não se realiza), e vai acontecer nos dias 2, 3, 4 e 5 só nos lugares de Outeiro e Franco. No dia 5 será celebrada na Igreja Matriz, pelas 18h00, uma missa por intenção das Almas falecidas e para entrega de eventuais donativos.
A Corrida de Carretas será no Bizorreiro, a 27 de Abril, integrada nas Festas de S. Jorge.
A 27 de Julho, nos Carvalhais, integrado nas festas da Senhora da Luz, vai realizar-se o “Roteiro das Fontes e Lavadouros” (Fonte do Barroco, Largo do Poço, Fonte dos Telheiros, Fonte das Ruas e Fonte da Lagoa), fazendo-se em cada uma um quadro vivo tradicional, que finalizará com um almoço convívio (cada um leva o seu farnel).
O Dia da Cultura Lavoense está agendado para 3 de Agosto, em Santa Luzia, no Sport Clube de Lavos, a partir das 15h00 e está aberto a todos os grupos da freguesia que queiram associar-se. Inclui um desfile e atuação dos mesmos.
Entre 8 e 16 de Novembro, nos Armazéns de Lavos, realiza-se o 7.º Festival das Enguias, que vai contar com muita animação (Folclore, Concertinas, Grupos de Cantares, bombos, gaiteiros, fados, baile e algumas surpresas), tudo com o objetivo de valorizar este certame gastronómico.
O último evento está marcado para Dezembro, em data a anunciar, vai ter lugar na Casa do Povo de Lavos, com a representação da comédia “A birra do morto”, a representar por um grupo formado com “prata da casa”
Segundo explicou José Elísio, estas festas estão orçadas em 17.300 euros, e prometem “continuar a unir os lavoenses por uma freguesia ainda melhor”.

A Junta de Lavos  lançou um desafio às empresas:  solicitar apoios para as colectividades da freguesia.
O anúncio foi feito pelo presidente da junta, José Elísio, no início desta semana, durante a apresentação da Festa da Comunidade Lavoense.
O primeiro donativo já foi conseguido e destina-se à Sociedade Artística e Musical Carvalhense.
A Aviliz, uma empresa vocacionada para a actividade agropecuária, “assumiu um compromisso com dois mil euros anuais”, explicou José Elísio. A empresa compromete-se, assim, a suportar as despesas com a escola de música da filarmónica da SAMC.
Neste sentido, no dia 5 de abril, pelas 21H30, será assinado um protocolo, na sede da associação, sita em Carvalhais. Os pedidos de apoio vão continuar, até porque a freguesia de Lavos tem várias colectividades, para além dos grupos de escuteiros e de jovens lavoenses.

Por outro lado, a junta de freguesia realiza já amanhã, a primeira sessão de esclarecimento “para discutir o presente e o futuro de Lavos”. A iniciativa ter lugar  pelas 21H30, no Sport Club de Lavos.
No dia seguinte, à mesma hora, realiza-se uma nova sessão, na Casa do Povo de Lavos. 
Em abril, a ação é dirigida à população de Carvalhais e decorre, no dia 12, no Centro Recreativo e Cultural Carvalhense. A colectividade de Oucofra é a que se segue (dia 13). No mesmo dia, nova sessão, mas na Sociedade Artística e Musical Carvalhense.
Segundo José Elísio,  as sessões pretendem tão-somente “dar voz à população” sobre projectos, iniciativas e preocupações relacionadas com a freguesia.

Em tempo.
Informação recolhida no Blog dos Carvalhais e no jornal AS BEIRAS, edição papel.

Sem comentários: