.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sábado, 12 de maio de 2012

Passos Coelho disse que desemprego pode ser oportunidade!..

Bem, oportunidade, oportunidade mesmo, talvez não seja, até  pode vir a  ser uma boa merda...
Contudo, o autor da frase, politicamente falando, foi  brilhante, pois revelou conhecer bem o povo e o país que governa.
Demonstrou grande cultura política e  uma enorme sensibilidade social.
Vejamos algumas janelas de oportunidades imediatas sacadas daqui que se abrem aos sortudos que tenham a bênção de alcançar o estatuto de desempregado :

- Ir à pesca (se alguém pagar a licença). 
- Conhecer melhor a sua cidade (a pé). 
- Apanhar beatas do chão (se não for fumador pode pô-las no caixote do lixo ajudando a limpar as ruas). 
- Estar à porta dos cafés a conversar animadamente com quem lá está dentro a consumir. 
- Alimentar pombos nos jardins (se alguém fornecer o pão). 
- Jogar à sueca (enquanto se virem os naipes do baralho e as cartas não se desfizerem). 
- Caçar gambozinos (sempre fornecem alguma proteína). 
- Vasculhar restos dos caixotes do lixo. 
- Pedir moedas à saída das igrejas e hipermercados. 
- Arrumar carros ilegalmente. 
- Preencher candidaturas de emprego. 
- Mandar currículos (se alguém pagar os selos ou a net) 
- Oferecer-se para pagar as portagens das ex-scut nos correios (por conta de quem tenha emprego e falta de tempo para filas). 
- Fazer um herbário.. 
- Pentear macacos. 
- Medir a velocidade de crescimento dos malmequeres. 
- Dormir até mais tarde (enquanto tiver casa onde morar). 

Como se nota, oportunidades não faltam...
Basta não ser piegas e ter imaginação...
Sócrates, por exemplo, aproveitou a oportunidade de ter ficado desempregado para ir morar num bairro chique de Paris...
Desempregados, não sejam modestos a sonhar: o céu pode ser o limite!..

Sem comentários: