Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

sábado, 22 de novembro de 2008

Saúde e sorte

Suponho, que muitos daqueles que se mostraram fervorosos defensores do Plano de Urbanização, em discussão pública até depois de amanhã, segunda feira, estejam agora contra, depois da clarificação feita em São Pedro, Vila Verde, Buarcos, Tavarede e São Julião.
Eu, já fiz chegar a minha posição a quem de direito.
Para aumentar clicar em cima da imagem

É que, do meu ponto de vista, depois desta clarificação, se continuam passivos, então, meus amigos, comportam-se como um rebanho de cordeiros à mercê das vontades do bom pastor.
Entretanto, continuação de bom fim de semama com saúde e sorte...

2 comentários:

Anónimo disse...

Esta Figueira não é fácil de entender...
Dizem, e eu quero continuar a acreditar, que os partidos são essenciais à democracia.
Sendo assim, pergunto: numa matéria fundamental para a qualidade de vida dos cidadãos, como é a discussão pública de um Plano de Urbanização para a Figueira da Foz e freguesias limítrofes, pelo menos nos próximos 10 anos, qual é o pensamento do partido no poder na câmara (PSD) e do partido da oposição no mesmo órgão (PS)?
Pergunto, ainda, qual é o pensamento de todas as outras forças políticas com menor, mas ainda assim alguma relevância no concelho da Figueira da Foz, algumas delas representadas na Assembleia Municipal do nosso concelho (CDU, BE e CDS)?
Que eu saiba, nenhuma organização política, enquanto tal, se pronunciou sobre este PU. Porquê?
Pergunto: será que, com estes políticos, estes partidos são fundamentais à verdadeira democracia?
Ou será que estes políticos são fundamentais a esta espécie de democracia?
Parafraseando o autor do post: saúde e sorte para todos.

Anónimo disse...

Acho muito bem que se exerça o direito cívico de participação no período de debate público. Acrescento aos argumentos evocados na reclamação o facto da localização prevista ser em zona de instabilidade do perfil dunar e, ainda, de previsível erosão marítima acentuada, após a construção do novo molhe norte da barra da Figueira.