Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

A discussão pública do Plano de Urbanização para a Figueira da Foz continua...



Esta, é uma chamada de atenção pertinente e oportuna do blogue quintopoder que, com a devida vénia, transcrevo:

"Sobre a alteração do uso dos terrenos da UZ 28, há um aspecto sobre o qual convirá manifestar estranheza .Para melhor identificação de alguns espaços, o Regulamento nomeia por vezes estabelecimentos concretos, como o Centro de Saúde, o Quartel da Polícia, as fábricas da Vidreira do Mondego e da IERAX . Para identificação da dita UZ 28 , nada se refere quanto ao facto dela dizer respeito, fundamentalmente, aos solos da Alberto Gaspar SA .
Porquê ?"

1 comentário:

Anónimo disse...

Não se sabe porquê.Se calhar ninguém sabe.
Porquê?