.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

segunda-feira, 9 de outubro de 2006

Um ano já lá vai


Faz hoje exactamente um ano, que se realizaram as últimas eleições autárquicas na Freguesia de São Pedro.

Os resultados são os conhecidos de todos.

Não merecem mais comentários.

Há um ano, o Povo escolheu.

O Povo ainda vai escolher mais vezes...

17 comentários:

Anónimo disse...

Ao povo, o que lhe resta é escolher... e ficar com a sensação de que... penso eu de que... bem...

Anónimo disse...

E muito bem escolhido diga-se de passagem !

Anónimo disse...

o que faz o to (da lota 2) na fotografia?

Anónimo disse...

Oh Pedro, que tom tão laranja!
Era natural ou foi filtrado pela passagem do presidente?
Que imagem tão carregada de LARANJA!

Anónimo disse...

"Marco MR said...
...Pena em vez dos IPs nao se conseguir saber os nomes das contas telefonicas;) Para saber quem são os amores e odios de estimacao:) ..."

Isto a proposito de uma sondagem de opinião sobre a actuação do actual executivo da junta de freguesia in blog Chaves de S. Pedro.

Se não fosse a extrema juventude do marco diria que estariamos perante uma tentativa PIDESCA de identificar para depois se castigar quem não estiver de acordo.
Não te emendes não marco que não é preciso! Vais no bom caminho vais, GLUTÃO!

Anónimo disse...

Piada politica em São Pedro

Na Cova-Gala, chega um menino à beira da professora e diz:
- Sra. Professora, a minha coelha teve cinco coelhinhos e são todos
P.S.D.!
- Muito bem! Olha, amanhã vem cá o Sr.Simon e tu
contas-lhe essa história. Está bem?
- Está bem! - responde o menino.
No dia seguinte, o senhor Simon vai visitar a escola e, como
combinado, a professora chama o menino. O menino dirige-se à beira
do presidente e diz:
- Sr. Presidente, a minha coelha teve cinco coelhinhos e dois são do
P.S.D.!
- Então, - diz intrigada a professora - não eram os cinco?
- Eram, ...mas três já abriram os olhos!

Anónimo disse...

O que faz a inveja e o mau perder.
Houve eleições, não houve? Está dito.
Dor de cotovelo, uma seita de incapazes, que nem puxar para o mesmo lado sabem , passa o tempo a criticar. Ainda se fosse a cricar, mas nem para isso servem.

Anónimo disse...

Todos temos medo, todos temos medos.

Perfilados de medo, agradecemos
o medo que nos salva da loucura.
Decisão e coragem valem menos
e a vida sem viver é mais segura.
Aventureiros já sem aventura,
perfilados de medo combatemos
irónicos fantasmas à procura
do que não fomos, do que não seremos.
Perfilados de medo, sem mais voz,
o coração nos dentes oprimido,
os loucos, os fantasmas somos nós.

Rebanho pelo medo perseguido,
já vivemos tão juntos e tão sós
que da vida perdemos o sentido...

Anónimo disse...

Oh senhor Tó da lota, o senhor não muda mesmo. Apetece-me gabar-lhe a coerência.
Os seus comentários não sobem mesmo de nível.
Se a categoria se medisse eles passariam entre as patas de um pato.

Marco MR disse...

<$Bem Imagino Trabalhao q isto deve ter dado:)Pena em vez dos IPs nao se conseguir saber os nomes das contas telefonicas;) Para saber quem são os amores e odios de estimacao:) Qt aos q votaram uma vez e so uma e de louvar;)$>

So para o post estar completo, e os menos atentos perceberem q era uma critica tanto para os votaram muitas vezes a favor, como para os que votaram muitas vezes contra.Realmente alem do analfabetismo, existe muito iletrado.
Sugestão para os criadores do site (a quem endereco os meus parabens pq uma coisa destas da trabalho e muitas chatices) que tal so deixarem fazer comentarios a quem se identificar???Nem q seja atraves de um Nick. Afinal de contas ate os terroristas reinvindicam os atentatados.OLOLO

Anónimo disse...

Ai aqui a Ti hortênsia gosta muito de comemorações! È pra comemorar? Mas o quê? O poder autrquico, ou autárcito? Nã estou a entender...se é pra comemorarmos onde estão as navalhas, os buriês, os mexilhôes, as santolas, o camarão, as ameijoas, os lagostins, a panela pra cozer tudo e os copos pró refrigeranti, ah já me esquecia os guardanapos e o comprimito prá azia! é que deve haver muitos que depois gostam de se entender com o D. Gregório! deve ser do arrependimento ou então da barriguinha cheia!

Anónimo disse...

Ai ti hortensia, ti hortensia

o pior é mesmo a azia.. Nem com pastilhas renie lá vai!...

Anónimo disse...

Ò Ti hortensia, o seu home, o Iselindo, não dize nada? Diga-lhe que bote opiniãao, carago... nem que seja só para pluralizar esta cousa, credo...

Anónimo disse...

O tipo da fotografia não é um que conta esferas?
Também quero contar, para ver arranjo uma bela masão...

Anónimo disse...

Um dia

Um dia, gastos, voltaremos
A viver livres como os animais
E mesmo tão cansados floriremos
Irmãos vivos do mar e dos pinhais.

O vento levará os mil cansaços
Dos gestos agitados irreais
E há-de voltar aos nosso membros lassos
A leve rapidez dos animais.

Só então poderemos caminhar
Através do mistério que se embala
No verde dos pinhais na voz do mar
E em nós germinará a sua fala.

Sophia de Mello Breyner

Anónimo disse...

Ai a minha rica senhora, seja bem aparecida Dona Sofia!
Nós cá ficamos no remanso em ouvindo a sua voz, enche-nos a alma de poesia em tempo de castanhinhas e jiropiga ! Uma músiquinha dos Mandrágora ácompanhar, que a Ti Hortensia handa-se cultivando pois então!

Anónimo disse...

Casaquinho aos ombros, rabinho espetado, sapatinho pluma de cor clara, penteadinho, passinho curto, posse aprumada...
...ui...ui...
Vinha dos lados da orbitur?
...ui...ui...