"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

quinta-feira, 26 de outubro de 2006

Mau tempo




Na Figueira, desta vez, até nem houve muitos estragos.
Mas, a precipitação acima da média, encharcou o País.
Os números dizem tudo: 1021 inundações, 453 quedas de árvores, 82 deslizamentos ou desabamentos de terras, uma morte (uma mulher de 86 anos, que vivia sozinha).
Fica o aviso à navegação de Ferreira Fernandes, hoje, no Correio da Manhã.

Chove chuva chovem avisos

“Chuvas torrenciais, estradas alagadas, casas a ruir, trememos não ainda pelo que já acontece mas pelo que, suspeitamos, vai vir. Tranquilizam-nos os homens das meteorologias que andam sempre no melhor dos mundos: “É da época...” Mas nós ouvimo-los como os passageiros do Titanic, desconfiados, ouviam a orquestra de violinos.
Há muitos, muitos anos, Galileu Galilei tinha fisgada a mania de que a Terra girava à volta do Sol. A Santa Inquisição, apontando-lhe a fogueira, quis que ele abjurasse essa ideia absurda. E ele abjurou, para salvar a pele. Mas tendo-o feito, murmurou: “Eppur si muove” – e, no entanto, [a Terra] move-se... Tempos passaram e até a Igreja deu razão a Galileu, ou melhor, à Terra. Depois, desleixámo-nos. E a Terra move-se, para nos acordar.”

3 comentários:

Anónimo disse...

Ora aqui está uma boa notícia para a Figueira...
Apesar do muito mau tempo que se fez sentir aguentamo-nos à bronca...
Para que então fechar a Maternidade?

Anónimo disse...

Será que a seguir a este mau tempo vamos ter sol e depois chuva outra vez? Este inverno vira´mais chuva?
As notícias deste blog são tão preocupantes e alarmantes, que uma pessoa até fica preocupada.

Anónimo disse...

Alguém anda a provocar os elementos.
Deixem estar o tempo sossegado,
para quê fechar a Maternidade?