Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

sexta-feira, 13 de outubro de 2006

Que inveja!...


Espraiando-se pela areia da praia do Cabedelo, como que a fazer lembrar uma companhia de soldados, alinham-se centenas de gaivotas.
No mar, alguns praticantes de surf, contrastam com a praia deserta.
Na praia, dos humanos sobram apenas algumas pegadas no areal...
Pois é, precisamnte, nesse mesmo areal, que lá estão elas, as gaivotas - altivas, como que em pose, donas e senhoras do espaço.
Formam vários grupos, como se estivessem à espera da ordem para voar.
É fim de tarde na praia do Cabedelo...Neste Outono, solarengo, pacato e melancólico, é um privilégio para os nossos olhos, esta paisagem da areia da praia livre do bulício do humano, mas pejada de gaivotas.
As aves dominam!..
Estranhamente, porém, como que a lembrar um exército!
Que inveja destas gaivotas altivas, livres, independentes, belas e completamente indiferentes.
A mim e ao meu deslumbramento!..
Confesso o pecado: que inveja!..

Sem comentários: