Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

segunda-feira, 16 de outubro de 2006

Pescas nacionais, um sector encalhado


Armadores de 23 associações de pescas, e dois sindicatos, recusam estar presentes hoje numa reunião convocada pelo ministro da Agricultura Jaime Silva.
Segundo a Rádio Renascença, os pescadores queixam-se da falta de apoios para combustíveis, cujo preço terá triplicado em dois anos, ao contrário de outros países.
«Temos tido uma situação de concorrência desleal para com todas as outras frotas comunitárias, que têm tido apoios fortíssimos, da ordem dos 20-30% de redução dos seus custos gasóleo», afirmou à Rádio Renascença Pedro França, membro de uma das associações.
Foi ainda considerado pelo mesmo, que a chamada do ministro era apenas mais um «show-off mediático, completamente teórico e inócuo».
Pescas nacionais, um sector encalhado.

16 comentários:

Anónimo disse...

Os empresários da pesca são subsídio- dependentes. A responsabilidade do estado do sector é dos empresários. Gasóleo mais barato, já agora abate de embarcações mais generosos, etc. etc.,são pedidos constantes ao longo dos anos. O sector está definitivamente "arrumado" enquanto armadores/empresários não possuirem as necessárias valências para dinamizarem e tornarem as suas empresas mais adequadas ás alterações do mercado. Não o fazem, aliás apenas sabem dizer mal de um ministro de um sector onde quem manda è a União. Num mercado aberto estavam à espera de quê? Quando se fala em concorrência apelam à protecção, do Estado, por outro lado cabe-nos pensar se estas empresas são saudáveis no aspecto de impostos devidos ao Estado. O esforço implica novos empresários com mentalidade de sucesso e isso sabe-se que é um processo que nas pescas vai levar o seu tempo.

Anónimo disse...

Um sector encalhado?
Eu diria mais: um sector afundado.
Tem agua até aos beiços.
Isto de ser "empresáario" tem que se lhe diga. Ainda não desapareceu a mania de que somos os maiores, que o mar é todo nosso. Estes "empresários" (leia-se donos dos barcos e no geral, todos) deviam ir estagiar até à Galiza para verem com quantos paus se faz uma canoa. Lá não se brinca, trabalha-se, produz-se e assim, de uma forma geral, tudo corre bem, ganhando o que dá o barco e o que dá o litro. Também gritam que querem o gasoil mais barato e outros apoios, já que quem não chora não mama.Mas andam sempre. Aqui, um arrastão que gasta 1000 euros de gasoil em meia duzia de horas, sai de manhã e volta à tardinha com meia duzia de carapaus. Só por brincadeira. Isto é o quê? E as passagens por baixo sem pagar impostos? Quem já ouviu falar de restaurantes que são abastecidos à borla, com peixe que nem passa pela entidade gestora? (não me lembra o nome). E assim por diante. Organizem-se pôrra!

Anónimo disse...

O iselindo que deus tem disse tudo. Só acrecentar que não é só na pesca que serão precisos novos empresários com mentalidade de sucesso. Mas enfim...

Marco MR disse...

Concordo plenamente. O problema e os subsidios em vez de serem investidos para gerar riqueza e assim serem competitivos, serem constantemente desperdicados em riqueza superfluas(Carros, viagens etc). E depois quando veem as exigencias andam todos aflitinhos. Por exemplo na agricultura, suinicultura mais especificamente foram atribuidos subsidios para fazerem as maternidades seguindo directrizes da UE, que estao a ser gastos em jipes e afins. Quando a UE vier ver as instalacoes vai ser o fim do mundo porque coitadinhos na teem dinheiro pa fazer as instalacoes e o governo na faz pressao na UE e na os apoia. País dos empresarios Tugas.

Anónimo disse...

Olá meus senhores!
O senhor que dá por nome de Tó da lota... só pode ser um OTÁRIO e ser mal formado. O senhor sabe que isto de ir, ou ser empresário das pescas não é entrar para uma unidade fabril com uma cunha, o chamado factor C, não é estar a ganhar dinheiro com as rendas que o pai deixou ou ainda ser um dificiente, que regista uns totolotos e tem uma comissão da santa casa da mesiricórdia.É bem mais complicado, ora vejamos:::
Quantas vezes o senhor foi à docapesca para dizer a aberração que disse do gasoleo e dos carapaus?Por acaso sabe destinguir um carapau de uma sarda? não não é dessas que está a pensar é mesmo daquelas que parecem cavalas, as outras você só se queixa depois da cabeça estar lá dentro...mas sabe?
Sabe quantas embarcações entram na docapesca por dia? sabe a média de pescado em euros que é facturado por dia? pois Senhor Tó( mal empregado nome)é que à gente boa com esse nome,o meu pai por exemplo,Fale daquilo que sabe e meta-se na sua (complicada) vida e aproveite , como já sugeriram aqui neste blog, ajudar a contar esferas ao seu colega de orgasmos, que é o que lhe faz falta.
Mas se quiser eu volto, nem que seja para lhe dar um correctivo como dava quando o meu filho se portava mal seu intelectual da treta.

Anónimo disse...

Ao beira Mar:
Faço minhas as tuas palavras, se para isso me deres autorização.
Se for preciso ajuda para aplicação do correctivo, conta comigo. Irei com todo o gosto apesar de ter a certeza que a burro velho e mal "injorcado" não há correctivo que valha.
Oh, Tozinho! Junta-te ao marco e passa-lhe mais um plano de actividades da junta para postarem no "chaves". Não te esqueças é de incluir um ponto qualquer que mostre o que a junta está a fazer para controlar, remediar, emendar as culpas próprias pelo estado de violência galopante que está instalada nesta freguesia.
Sr. blogista, não acha que este tema da violência que se vive em crescendo na Cova-Gala tinha interesse em ser "postado" para análise e discussão pública? É que o encobrimento e o disfarce destas situações, que vão crescer, pode interessar a alguns, mas não interessa de certeza às pessoas de bem!

Anónimo disse...

É pá! Acusaste o toque.
Eu não disse quem é que fornece os restaurantes. Só disse que há restaurantes abastecidos com peixe que passa ao esquerdo, ou por baixo da porta .
Se não é nada contigo porque ficaste tão bravo?
Assim até dá para desconfiar.

Marco MR disse...

Sr João Cruz, nao sei quem e por enquanto merece todo o meu respeito. Se o marco que fala sou eu é so para o esclarecer que ninguem me da nenhum plano de actividades da junta, e muito menos faco post de coisas da junta no "chaves". So peco que seja isento, e faca como eu e acredite na idoneidade das pessoas ate prova em contrario. Penso que na minha vida ate hoje nao fiz nada que mereca um comentario sobre mim do genero que o sr fez.

Anónimo disse...

Este joão cruz, além de incapaz ainda se arma naquilo que é. Parvo.
Não devia estar aqui a levantar atoardas e criticar pessoas que não conhece e que têm provas dadas em benefício da nossa terra.
É mais um dos que só fala para se ouvir a si próprio, aqui, porque em casa está calado que lá quem manda é ela. Escreva e defenda a nossa terra e deixe-se de atirar pedras a quem está na defesa e trabalha para o bem geral.

Anónimo disse...

Dá-me a senssação que o Sr. Tó (da Treta) ainda não sabe com quem se meteu, mas eu passo a explicar.
O Sr. é um anormal, então o seu comentário do dia 16 ás 23h10, que até é uma hora que sr, se calhar está a gastar dinheiro na net que nem pago por si, disse o que disse e agora vem com a dseculpa dos restaurantes? você é parvo, você só pode ser BURRO.
Eu refiro-me ao seu comentário das pescas seu anormal.
Você percebe alguma coisa disto?
Quero lá saber o que se passa por fora ou por dentro, legal ou ilegal? quero é saber do preço do gasoleo e de todas as despesas que acarreto todos meses para você andar aì a comprar peixe aos que merouba todas as semanas, seu PARASITA: velhaco, ordinário

Anónimo disse...

ah..ah...ah...ahhhhh!!!
Tó da lota, é mais fácil picar-te que numa sorte de varas.
Vai-te curar que o teu problema é psiquiatrico.
Boa João Cruz, deixa lá que a frase ... "porque em casa está calado que lá quem manda é ela" ...deve ser resultante de uma aberração de personalidade derivada de abusos e maus tratos em menino e continuada no casamento.
Este traste, para além dos insultos compulsivos e recorrentes, já usou esta frase neste blog mais de cem vezes. Só pode ser complexo e desvio freudiano projectado nos outros.

ah..ah...ah...ahhhhh!!!
O Pietra tem razão:
ah..ah...ah...ahhhhh!!!
QUERO SER PRESIDENTE DA JUNTA...
ah..ah...ah...ahhhhh!!!

Anónimo disse...

Mas porque é que só me aparecem burros pela frente?
Ó beira-mar:
Então vocelência fica danado porque não não ganha, tem muita despesa com gasoil e quem o rouba são os pescadores?
Os seus pescadores roubam-lhe o "seu" peixe e vão vendê-lo às pessoas como eu?
Você realmente, pá. Que tristeza.
A culpa da sua incapacidade, em vez de a assumir atribui-a aos outros? É o costume. Muito evoluído vocelência me saiu.
E este anónimo das 14:28, merece alguma resposta ou qualquer tipo de consideração?
Deixa-te ficar pelos matraquilhos que são coisas para putos, pá.
trata-te, civiliza-te e depois aparece. Grandessímo analfabruto.

Anónimo disse...

Boas!!! acho que esta aqui um bom tema de discução, porque todos somos de terra piscatoria!! Certo? O grande problema das pescas , do preço do peixe, porque é com esse dinheiro que se paga as despesas da manutenção de uma embarcação, são os sindicatos meus amigos, esses levam-no todo e não fazem nada por nada para a vida do pescador melhorar!! depois o meu amigo @bacalhauzinho@ tem toda a razão( com grande pena minha, porque isto sem uns bitaites n tem graça nenhuma), os pescadores tem que fazer algum extra por fora, Normal!!

Anónimo disse...

vou registar o totoloto ao seu cacifre, mas vai reparar numa coisa, nunca lá fui, mas vou lá olhar-lhe nos olhos para você me chamar Burro, porque eu vou-lhe chamar otário e você vai ingolir a máquina mesmo á frente da sua mulher...
Jogas-te mal mas desta vez perdeste eu vou-te dizer quem é o beira-mar, porque tu és um Parasita.
Beijinhos Beira-Bar

Anónimo disse...

Nesta hora ... será que o beira mar já deu um visual novo qo Tozinho????

Anónimo disse...

Epa!!! N deem cabo do meu rabinho de bacalhau!! Uma coisa e certa, ele n tem aparecido!!! Fugiu com o dono!! Au au!!