quinta-feira, 27 de novembro de 2014

E a Figueira vai continuar do avesso ainda mais 3 anos?..

foto Foz do Mondego Rádio
Segunda à noite, se bem me lembro, choveu na Figueira.
Em plenário, a Concelhia da Figueira da Foz do Partido Socialista, reuniu militantes em plenário num hotel da cidade.
Falou-se do “Orçamento de Estado para 2015”.
O “Orçamento da Figueira para 2015”, vai ser uma das próximas descobertas do povo figueirense.
Entretanto, ao que li aqui, a reunião transformou-se numa “sessão de formação”, com Pedro Nuno Santos a explicar alguns “chavões” da Macroeconomia e conceitos económicos de suporte aos rácios que todos os dias surgem nos meios de comunicação social.
«Ficou claro que o caminho para a adesão à participação cívica passa pela proximidade das pessoas aos centros de decisão e aos conceitos de “gestão económica” do país», sublinha fonte da concelhia socialista.
O Partido Socialista da Figueira da Foz entende que «só com o envolvimento de todos é possível abrir um novo caminho para Portugal».
Espera-se que o executivo camarário figueirense - em especial o seu presidente - tenha anotado. Mais 3 anos é muito tempo - é capaz de ser mesmo muito tempo...

O cante é do Alentejo, o cante é de toda a gente

"Cinco minutos foi o tempo necessário para a UNESCO aprovar, esta manhã em Paris, a inscrição do cante alentejano na lista representativa do património cultural imaterial da humanidade. Paris ouviu os homens de Serpa."

aF236


Ai «cachopa», se queres ser bonita, arrebita, arrebita, arrebita...

Em tempo. 
É disto que o povo gosta!..