.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Sintético do Cova-Gala: "está nas prioridades. Este ano ainda não, talvez para o ano..."



Ontem, na reunião de Câmara, foi abordado pelo vereador Carlos Tenreiro, a propósito do Cova-Gala/Naval 1983 realizado no dia anterior, o caso do pelado do Cabedelo.
João Ataíde, presidente da Câmara, informou que as obras do estádio municipal José Bento Pessoa foram adiadas. Um dos concorrentes, ao que foi dito, impugnou o concurso no tribunal, com efeitos suspensivos. Entretanto, a autarquia requereu ao juiz a suspensão da eficácia da impugnação, estando a aguardar decisão. Deste modo, as obras de intervenção no Municipal figueirenses, de 284 mil euros, já não começam este mês, nem têm ainda data prevista para o arranque.
O atraso, pelo que disse o presidente da câmara, na resposta que deu a Carlos Tenreiro, vai ter reflexos no prazo da implantação do sintético do campo do Cabedelo, pois só depois e estar resolvido o problema do Municipal é que a autarquia equaciona avançar para a resolução do caso do campo de futebol da margem sul do Mondego, utlizado pelo Grupo Desportivo Cova-Gala há mais de 41 anos.
Asim sendo, em resumo: "o problema dos muros vai avançar em breve. O sintético do Cabedelo, para substituir o pelado, continua nas prioridades camarárias, mas, este ano já não. Talvez para o ano".

Sem comentários: