.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Coisas realmente importantes: continua a mama do carnaval...

Imagem via Diário de Coimbra
Pedro Barroso e Vanessa Alfaro, em 2019, os reis de Carnaval de Buarcos e Figueira da Foz, chegaram na tarde de ontem  à cidade, via comboio. A seguir, foram recibos pelas escolas de samba figueirenses e no salão nobre pelo presidente do Município da Figueira da Foz, João Ataíde. Suas excelências e também «altezas reais carnavalescas» rumaram depois a Buarcos. Diz quem assistiu, que houve  discurso na varanda do Grupo Caras Direitas, tendo o presidente , da Câmara Municipal da Figueira da Foz,  Dr. João Ataíde,  aproveitado para, simbolicamente,  entregou as «chaves da cidade»  aos temporários «soberanos».
A câmara faz muito bem em dar toda esta atenção, importância e a tolerância de ponto no Carnaval. Os figueirenses deveriam aproveitar para gozar com o presidente da câmara e com os vereadores: todos, da situação e da oposição.
Nem se teriam de esforçar por aí além para caricaturar o Monteiro como uma amostra de putativo candidato a presidente, a Ana Carvalho como uma Santa, o Nuno como ele é, a Mafalda como uma competência, desportivamente falando e o Miguel, como o óptimo e potente piripiri que produz. Na oposição teríamos o Tenreiro, acompanhado pelo Babo e um by pass. O Ricardo poderia ser portador de uns frascos de sais de frutos. O presidente Ataíde, seria apresentado como um líder musculado, tipo obreiro.
A Câmara faz muito bem em financiar tão generosamente o carnaval. O tempo, para os figueirenses, não está para férias na neve ou para debandadas em direcção ao Algarve. E a Figueira precisa de se divertir.
A bem da concelho, viva a Câmara, viva o presidente. Viva o Carnaval, vivam os reis!
A cereja em cima do bolo seria os figueirenses, aproveitando o carnaval que é a época em que se pode brincar sem suas excelências levarem a mal, para rifarem o presidente e oferecerem  o vice  como bonificação.

Sem comentários: