.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

CDS-PP, quer "a extinção definitiva da Figueira Parques" e "apoia o Movimento Figueira SEM Parques"

NOTA DE IMPRENSA
"Na última reunião da Câmara Municipal da Figueira da Foz, realizada no dia 03 de Dezembro p.p., foi aprovada a alienação da participação do Município na empresa Figueira Parques.
O CDS-PP da Figueira vem desta forma repudiar esta privatização! Mais do que uma questão de privatizar ou manter no domínio público, a nossa posição é a extinção definitiva da Figueira Parques e dos Parcómetros na cidade!
Este é um sistema indigno que extorque dinheiro à população, em especial aos comerciantes da Rua da República e Bairro Novo, pelo direito de estacionar na via pública. O principal argumento utilizado na defesa desta empresa é de que muitos comerciantes deixam o carro estacionado em frente à sua loja o dia inteiro, quando o lugar devia estar livre para os possíveis clientes. Assim, se comprova o princípio de espoliação dos cidadãos em que se cobra dinheiro, dizendo mentirosamente que é para a sua protecção pois, na realidade, é contra a sua vontade.
Relembramos que o CDS-PP da Figueira foi o único Partido a apresentar no seu Programa Eleitoral de 2017 a extinção desta empresa, posição que mantemos, passando assim o estacionamento no concelho a não ser pago.
A Câmara Municipal tem sim que prestar serviço aos cidadãos, construindo novos parques, subterrâneos, ou em altura (silos), tanto na zona da Rua da República, como em Buarcos e no Bairro Novo, em vez de sugar o dinheiro às pessoas não dando nada em troca.
Em nossa opinião, um Presidente de Câmara e seus Vereadores são eleitos para SERVIR os munícipes e não para se servirem deles.
Assim manifestamos publicamente o nosso total apoio ao Movimento Figueira SEM Parques, e manifestamos o nosso regozijo por ver um movimento popular de cidadania constituído maioritariamente por comerciantes da terra, a exercer o seu direito à indignação, em nome da população em geral, face à existência injustificada e indigna de haver estacionamento pago na cidade.
Continuamos sempre disponíveis para ajudar em tudo o que nos seja possível e que siga os pressupostos programáticos que apresentámos nas últimas Eleições Autárquicas.
As pessoas já estão sobrecarregadas com demasiados Impostos, Taxas, Taxinhas, Coimas, etc.! 
O que defendemos, em nome, em benefício e para bem dos Comerciantes, dos Hoteleiros e dos Cidadãos, do Concelho da Figueira da Foz, é que se acabe definitivamente com esta sociedade e com os parcómetros na cidade."
Comissão Política Concelhia do CDS-PP da Figueira da Foz

Sem comentários: