Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Alguém deu pela passagem do 33º. aniversário da Foz do Mondego Rádio?

No dia 5 de Dezembro de 1985, com estúdios improvisados no Posto de Turismo de Buarcos, nasceu o Clube de Rádio da Figueira da Foz.
Mesmo sem condições técnicas passa a emitir regularmente das 21 às 24 horas, em 106 MHZ. 
Foram fundadores da estação José Aroso Francisco, Rui Pedro, Manuel Adelino Pinto e Alexandre Coelho. A emissão abriu com a "Canção da Figueira", um tema composto por Carlos Nóbrega e Sousa e letra de António de Sousa Freitas, na voz da cantora Maria Clara.
Encerrou com a "Marcha doVapor", oficialmente o hino da Figueira da Foz, um trecho musical assinado por Manuel Dias Soares com letra de António Pereira Correia, também na voz da cantora portuense, Maria Clara.
Hoje em dia a Foz do Mondego Rádio emite em 99.1.

1 comentário:

Lérias disse...

Por aquilo que ouvi na manhã, o mestre barbeiro e aprendiz de locutor, deu a preferência a uma entrevista com um ilustre pescador da Praia de Mira.
Talvez para testar a antena, ou pensando já numas caldeiradas no próximo verão.
Enfim, é Figueira.