Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

AINDA SE RECORDAM QUE A FIGUEIRA TEVE MATERNIDADE DURANTE 59 ANOS?...

Imagem via Marcha do Vapor
A última bebé a nascer no bloco de partos do Hospital Distrital da Figueira, veio ao mundo poucas horas depois de se conhecer a data de encerramento daquele espaço. Uma menina com 3.230 gramas, com mãe de nacionalidade russa, nasceu às 00h30 do dia 1 de Novembro de 2006. Foi fechado um ciclo que durava há 59 anos e que foi criado para responder a uma necessidade de um concelho que se acreditava estar em desenvolvimento...
O rosto politico do fecho da Maternidade da Figueira da Foz tem nome: CORREIA de CAMPOS.

Sem comentários: