.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Filarmónica Figueirense: Leslie arrancou telhado e levantou dinamismo

"Após a tempestade tropical que recentemente atingiu a zona centro do país e que fustigou de forma intensa o concelho da Figueira, a Sociedade Filarmónica Figueirense, cuja sede foi também fortemente afectada, criou um projecto de revitalização que passa por um programa cultural mais intenso e que visa igualmente angariar verbas para urgentes restauros.
Assim, no próximo sábado, dia 1 de dezembro, às 10h30, acontece um inédito momento musical na Igreja Evangélica Presbiteriana da Figueira da Foz (Rua Dez de Agosto). O Quinteto de Metais da Filarmónica Figueirense realiza um “Ensaio de Porta Aberta”, à laia de concerto livre, no âmbito do seu programa cultural “imposto pela dinâmica e necessidade”, refere Luís Oliveira, presidente da direcção da colectividade.
Diversas obras musicais serão interpretadas “num templo centenário e muito esquecido da Figueira”, nas palavras de Jorge Ladeiro, também dirigente da Filarmónica Figueirense. Na manhã do dia 8 de dezembro (feriado), a banda percorrerá as principais ruas da cidade numa atitude de sensibilização da população e entidades oficiais e particulares no âmbito da campanha que está em curso designada “Todos por um Tecto”.
Segundo apurámos junto de Telmo Carvalho, secretário da direcção da colectividade e director pedagógico da Escola de Música, “está a agigantar-se o entusiasmo em repor a parte do telhado afectada pelo temporal e há um NIB que vai ajudar à reconstrução”.
A operação de angariação de donativos já arrancou em diversas redes sociais e pode ser continuada para a conta PT50 0035 0321 000 800 80 830 93."

Via Figueira na Hora

1 comentário:

CeterisParibus disse...

E entretanto, a câmara envia intimações aos proprietários para substituírem o telhado de fibrocimento em 30 dias.
A mesma câmara que passados quase 2 meses do temporal, tem uma cidade com muitas toneladas de entulho, vidro e detritos espalhados pelo malha urbana e pelo remanescente do concelho. Se quiseres as fotos da minha vizinhança, tiradas ontem, é só pedir.
Bem prega Frei Tomás...