.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

A paz socialista figueirinhas em que vivemos há 9 anos

Ataíde tem a Figueira na mão há vários anos.
O seu maior trunfo é a indiferença geral da maioria absoluta dos figueirenses.
Depois, conhece a comunicação social local: frágil, cordata, dependente e materialmente debilitada.
Por último, mas não finalmente, tem contado com a divisão e a debilidade do PSD/FIGUEIRA. 
Na Figueira, PCP, BE e CDS, em termos efectivos, não contam politicamente para nada.
Finalmente, conhece a anomia política da sociedade figueirense.
A última coisa que os figueirenses querem é pensar sobre a gestão da sua cidade e do seu concelho.
O que é um figueirinhas feliz?
Esse tem sido o segredo de Ataíde, o homem que tem feito os figueirinhas felizes. 
Com Ataíde, tem sido um privilégio viver na Figueira.
Os figueirenses deviam pagar o dobro de impostos. 
Não é justo que alguns portugueses sejam mais felizes do que os outros.

2 comentários:

marta disse...

Se os partidos pequenos tivessem conseguido lugares na Assembleia se calhar a oposição era mais forte... digo eu... mas os figueirinhas nem percebem quem de facto se esforça por querer o melhor para a cidade e quem só lá vai parar pelo poleiro...as últimas eleições foram vergonhosas.

Joaquim Moreira disse...

Como já não há "Conjurados" ou o que existem não chegam a 40, estamos assim.