.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Eurodeputado do PS Manuel dos Santos e Rui Rio, presidente e vice da mesa da assembleia geral da Ordem dos Contabilistas têm vencimento mensal. É caso único. Mesmo em empresas. Há contestação interna.

"Rui Rio recebe 1.500 euros brutos mensais, pelo menos desde 2013, como vice-presidente da Assembleia Geral da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC). O candidato a presidente do PSD, que no primeiro discurso aos militantes disse que a política precisava de “um banho de ética”, recebeu 21 mil euros ilíquidos por ano (14 meses), para estar presente na condução de três reuniões realizadas em 2016 e duas em 2017. 
A título de exemplo o presidente da Mesa da Galp recebe três mil euros anuais.
O presidente da Mesa da Assembleia da Ordem dos Contabilistas é o socialista e eurodeputado Manuel dos Santos, que ganha dois mil euros mensais ilíquidos (28 mil por ano). Mas essa remuneração chegou a ultrapassar os cinco mil euros por mês numa fase em que este foi compensado pela própria ordem (com mais três mil euros) por ter perdido o direito à pensão vitalícia como ex-deputado. Os salários elevados dos membros dos corpos sociais da OCC estão a causar controvérsia nas eleições para aquela ordem profissional que têm lugar para a semana: o bastonário ganhava 10 mil euros, um vice-presidente ganha 6.100 euros, e os cinco vogais recebem cinco mil euros cada um."

Via Observador

1 comentário:

Anónimo disse...

este ruizinho não engana ninguém, também é daqueles que como o taide pensa que existem uns cidadãos de primeira e outros de segunda,claro que para eles a única preocupação são os de primeira!