Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Um tema importante que tem a ver com a segurança de todos nós: a vigilância nas praias de São Pedro

O assunto é delicado, melindroso mesmo. Daí, ter estado desde domingo a defrontar-me comigo próprio, para ver se havia de trazer este assunto a este espaço...
Porém, ao ler hoje nas Beiras, a resposta do vereador do Ambiente da Câmara da Figueira da Foz a uma questão levantada por Miguel Almeida, ficou-me a sensação que algo de menos claro paira sobre este caso. E, como está em causa a segurança de milhares de pessoas que frequentam as praias da freguesia de São Pedro, considero que é meu dever cívico levantar o problema.
Estou a referir-me, é claro, ao desaparecimento, no domingo passado, de um jovem de 22 anos de idade numa praia da Cova-Gala, que todos os jornais e outros órgãos de informação noticiaram como praia não vigiada.
Disse António Tavares, segundo as Beiras de hoje: “em caso de acidente, os nadadores salvadores das praias vigiadas podem facilmente acudir àquela praia e foi isso que aconteceu”.
Pois é senhor vereador, foi isso que aconteceu, com os resultados que se conhecem, mas não deveria ter sido assim. Vou tentar explicar porquê.
Reparem na gravura abaixo, foto acabada de obter (hoje, dia 21 de Julho de 2010, cercas das 19 horas e 40 minutos) na praia da Cova-Gala, na vitrina que está junto ao mastro da bandeira azul.

Atentem bem agora no pormenor abaixo. A vermelho, está definido, por uma linha, como “área controlada pelo nadador salvador”, as praias da Casa e a da Cova.

Algo de estranho se passa. Mais: no local da chamada praia da Casa não se encontra nenhuma placa informativa com os dizeres “praia não vigiada”.
Repito: não querendo, tal como o vereador Miguel Almeida, “dada a delicadeza desta questão, estabelecer uma relação entre a causa e o efeito”, fica o alerta para as autoridades competentes – Capitania do Porto da Figueira da Foz, Câmara Municipal da Figueira da Foz e Assembleia e Junta de Freguesia de São Pedro, pois este assunto tem a ver com a segurança de milhares de pessoas.
Já agora fica uma pergunta final: dos cerca de 5 000 mil metros de praia existentes na Freguesia de São Pedro, quantos metros, efectivamente, estão vigiados com nadadores-salvadores?

Nota:
Para ver melhor as imagens, clicar por cima.

Sem comentários: