"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Ainda o caso dos 8 000 euritos pró Quim!..

Salvo melhor e mais abalizada opinião, o que esteve tão só em causa, neste caso, quanto a mim, foi a política.
Vou procurar explicar: Buarcos é uma freguesia importante, a vários níveis, nomeadamente em número de votos para o PS, nas contas finais da eleição do próximo executivo camarário.
Os 100% e o PSD sabendo isso, e como as eleições também são importantes para eles, mediante os 750 euritos que estavam em cima da mesa, como proposta, viram ali uma soberba oportunidade de entalar o PS. Oportunistamente não se fizeram rogados, chumbaram os 750 euritos...
A seguir, aconteceu o contra ataque do presidente Ataíde - e o desfecho é o que sabemos: 8 000 euritos pró Quim!...
Neste, como noutros casos, a tão badalada contenção de despesas, foi ultrapassada em nome dos interesses imediatos da políticazinha caseira. Chama-se a isto, navegar à vista...
Nada de novo. É assim que quem quer ser político nesta cidade, seja de que partido for, tem de actuar. O resto é treta.
No fim do ano, quando se fizerem as contas, ficaremos melhor esclarecidos...
Depois, face ao sufoco financeiro camarário, que todos sabemos que é grande, corta-se “às cegas”...
Perceberam, agora, porque é que considero que isto está muito pior do que pensava?..
Mas, isto, claro, devo ser só eu que penso, que não percebo nada de política...

Sem comentários: