sexta-feira, 23 de julho de 2010

Enfim...


O post anterior é elucidativo. Numa Câmara sem dinheiro para fazer cantar um cego, parece que sempre se vão arranjar 8 000 mil euritos para trazer o bacano do Quim Barreiros a Buarcos, em Setembro p.f.
A situação e a oposição camarária estiveram bem uns para os outros. Deram um exemplo acabado do que tem sido a loucura despesista dos políticos, nesta cidade e neste País...
O importante, politicamente falando, foi não esquecer que o povo, na hora do voto, é quem mais ordena, e a maioria dos habitantes da parvónia, lá para Setembro, vai acorrer (e a correr) aos magotes ao espectáculo de Quim Barreiros.
Só que o povo não risca nada! O povo, não passa de uma massa humana, amorfa e desmemoriada, manipulada por políticos sem escrúpulos, que representam classes sociais que enchem o bandulho com a força do seu trabalho, que é para isso que o povo serve.
Nesta nossa democracia, o povo serve para trabalhar, pagar impostos e legitimar o poder da classe dominante. E é um pau!..
Vejamos. Esse mesmo povo que, em Setembro, vai acorrer (e a correr) para ver o Quim Barreiros a Buarcos, pensando que é de borla, é o mesmo povo que, a seguir, se lamenta nos cafés, que tudo está cada vez mais caro – é a água, é a luz, é o telefone, é o gás, é a gasolina, é o pão e todos os restantes bens de primeira necessidade, incluindo a saúde e a educação!...
Mas não passa disso. Apenas se lamenta – e às escondidas, não vão os senhores da Câmara, para o próximo ano, que não é véspera de eleições, recusarem o pagamento do artista de variedades...
Somente um povo habituado ao caciquismo, vítima de atraso social e iliteracia, se presta a uma submissão destas...
Enfim...

2 comentários:

os olhos de fora disse...

vai a buarcos a festa da senhora da encarnacao ,a entrada estao umas senhoras a pedir donativos e da quem quer mas a festa tem muitas doacoes de pessoas da terra e de fora soa so 3 dias e nao fica empenhada pelo menos numca ouvi falar de dividas ...sabes que buarcos e muito bairrista e para a senhora da encarnacao vai muita gente de fora ver a festa sempre traz turismo em setembro .nem tudo e mau numa terra de boa gente

António Agostinho disse...

O que está em causa não é a festa de Buarcos e, muito menos, a boa gente de Buarcos, onde tenho bons Amigos.
A Câmara está completamente de tanga e acabou de abrir uma autêntica caixa de pandora...
Imagina todas as Terras do concelho a exigiram um tratamento igualitário?...
Onde é que isto vai parar?...
A falta de critérios é muito complicada de gerir?...
Ainda há pouco foi anulado um festival de bandas, que movimentava largas dezenas de músicos jovens do concelho para poupar 1 500 euros...
Entendes?...
Não leves isso para o bairrismo exacerbado e populista, que é por aí que o povo tem sido comido por políticos que se julgam espertalhões, mas que não passam de uns carreiristas e oportunistas sem escrúpulos...
Espero que tenhas entendido...