"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Deus permita!

Um dia destes, "o Governo apoia a candidatura e tudo fará para que um dos mais prestigiados governadores seja eleito para a vice-presidência do BCE", disse o primeiro-ministro português no final de uma reunião dos chefes de Estado e de Governo da União Europeia.

Vítor Constâncio, que já tem assento no conselho de Governadores do BCE como governador do Banco de Portugal, mostrou-se honrado com a candidatura mas lembrou que se trata de "um assunto de resultado incerto e difícil para um país como Portugal em relação a esse cargo".

"As decisões vão depender essencialmente do normal jogo das negociações políticas entre os vários países membros da União Europeia, portanto é incerto", acrescentou o Governador do Banco de Portugal.

Que desilusão estas suas palavras me trouxeram senhor doutor!.. É que, eu, na minha santa, mas feliz ingenuidade e ignorância, ainda pensava que estes cargos, principescamente remunerados, eram ocupados por profissionais de “mão cheia”!...

Oxalá, é que, depois, cá para o nosso banquito, “o PS arranje um novo faz fretes com estômago que comporte tantos sapos”, para ocupar o seu actual lugar, “o terceiro mais bem pago do mundo”.

Sem comentários: