Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

domingo, 28 de junho de 2009

Ecos da memorável final de Soure….

foto de Pedro Cruz
Bruno Fonseca, treinador da Académica, a equipa que disputou com o Grupo Desportivo Cova-Gala a memorável final do campeonato distrital da I divisão, época 2008/2009, “uma final empolgante, intensa e dramática”, jogo que foi a prolongamento e foi decidido nos pontapés de grande penalidade, em entrevista publicada, sábado, que pode ser lida na integra, clicando aqui, diz a dado passo: “acho que, pelo espectáculo proporcionado, pela entrega das duas equipas, pelo ambiente espectacular nas bancadas (aproveito para cumprimentar e saudar a simpatia e a correcção das gentes da Cova-Gala), qualquer resultado no tempo regulamentar que não o empate, seria muito injusto para qualquer uma das equipas.”
São momentos destes, que podem salvar o futebol português, tão mal tratado ultimamente, como aconteceu no dia em que foi publicada esta entrevista de Bruno Fonseca, no jogo que decidia o título de campeão de juniores, entre o Sporting e o Benfica, onde todos aqueles que gostam de futebol foram derrotados.
Parabéns Cova-Gala, pela lição dada no passado dia 14 de Junho, em Soure.

Sem comentários: