domingo, 5 de junho de 2016

Mamar é porreiro...

Os deputados do PSD na Assembleia de Freguesia de Quiaios conseguiram fazer aprovar recentemente uma moção em defesa do Colégio de Quiaios.
A proposta exige que a Câmara Municipal da Figueira da Foz se pronuncie publicamente sobre a manutenção do Colégio de Quiaios como uma oferta às freguesias mais a norte do concelho.
O documento foi aprovado com os votos contra do único deputado da CDU e de um dos eleitos do PS.
Na moção, é declarado apoio “à continuidade da oferta do Ensino Público, 2.º e 3.º Ciclo do Ensino Básico, na freguesia de Quiaios”. “A disponibilidade deste serviço na freguesia de Quiaios, a par de outros, contribui para a oferta fundamental que permite que uma população mais jovem se fixe, contribua para a descentralização e desenvolvimento da Freguesia, por oposição à constante fuga e centralização nos centros urbanos”, refere a moção.
É que, como frisam os eleitos do PSD, a retirada de turmas ao colégio terá “como efeito imediato ou a curto prazo o encerramento desta instituição, que abrange várias freguesias do norte do concelho”.


Nota de rodapé.
Um estudo, de que me lembro um pouco difusamente, relacionava o tempo de amamentação com a inteligência, concluindo que quanto mais tempo se consegue mamar mais rico e inteligente se fica.
Este estudo, de que me lembro um pouco difusamente, acaba  por explicar, também, a lábia de alguns políticos. 
Julgava-se que era porque tinham ido à escola, mas este estudo, de que me lembro um pouco difusamente, mostrou que, afinal, tem tudo a ver com o tempo de amamentação.
Pelos vistos,  muitos não só mamaram até muito tarde, como pretendem continuar a mamar.
Pena, foi entretanto ter-se perdido muita inteligência...
Portugal, podia ser um viveiro de grandes homens da ciência ou até astronautas...
Ficámos com os para-quedistas...

Muhammad Ali (1942 – 2016)

Muhammad Ali, uma lenda do boxe mundial morreu aos 74 anos.
Fica para a história não só como pugilista, mas como alguém que se recusou a seguir as convenções dentro e fora do ringue e como um defensor dos direitos dos negros. 
Campeão olímpico em 1960 , Muhammad atirou a medalha de ouro no rio Ohio porque recusaram servir-lhe num restaurante por ser negro. «Eu sei que tive sucesso enquanto os negros estão num inferno. Mas enquanto eles não forem livres eu não sou livre», afirmou ainda. 
Manteve o título de campeão do mundo até 1967, altura em que foi afastado por se recusar a participar a integrar o exército norte-americano e opôs-se com veemência à guerra do Vietname. Apesar de escapar à prisão, acabou por ser afastado dos ringues durante três anos.
"O boxe beneficiou muito com o talento de Muhammad Ali, mas não tanto como os homens beneficiaram do seu humanismo".

Que pena, na Figueira, não haver um canal de televisão com 50% de share...

Para ver e ouvir a entrevista de
Miguel Almeida à FIGUEIRA TV, basta clicar aqui.
Um canal de televisão com 50% de share consegue vender tudo.
Vende até sabonetes!
Chegámos a um ponto em que fazer eleger um político, é como vender um sabonete. 
A recente eleição de Marcelo Rebelo de Sousa aí está para o provar.
Nada tenho contra os sabonetes, mas tenho algo contra os políticos sabonete! 

Que pena, na Figueira, não haver um canal de televisão com 50% de share...
Bastava disfarçar e omitir os pontos importantes do candidato, nomeadamente o seu pensamento.
Depois, bastava impulsionar as pessoas a votarem em alegadas virtudes absolutamente laterais. 
Sendo assim, resta aos figueirenses, em 2017, continuar a escolher o sabonete que já se sabe que não presta?..