.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

domingo, 5 de junho de 2016

Muhammad Ali (1942 – 2016)

Muhammad Ali, uma lenda do boxe mundial morreu aos 74 anos.
Fica para a história não só como pugilista, mas como alguém que se recusou a seguir as convenções dentro e fora do ringue e como um defensor dos direitos dos negros. 
Campeão olímpico em 1960 , Muhammad atirou a medalha de ouro no rio Ohio porque recusaram servir-lhe num restaurante por ser negro. «Eu sei que tive sucesso enquanto os negros estão num inferno. Mas enquanto eles não forem livres eu não sou livre», afirmou ainda. 
Manteve o título de campeão do mundo até 1967, altura em que foi afastado por se recusar a participar a integrar o exército norte-americano e opôs-se com veemência à guerra do Vietname. Apesar de escapar à prisão, acabou por ser afastado dos ringues durante três anos.
"O boxe beneficiou muito com o talento de Muhammad Ali, mas não tanto como os homens beneficiaram do seu humanismo".

Sem comentários: