.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sábado, 17 de dezembro de 2016

Da série, que certamente irá ter novos episódios, grandes primeira páginas!..

O melhor jogador do mundo de futebol de praia esteve ontem na Figueira da Foz, onde começou a brilhar ao serviço da seleção, no “Mundialito”.
A visita, a convite do presidente da câmara, João Ataíde, teve como pretexto a possibilidade de vir a dinamizar a modalidade na cidade, como o DIÁRIO AS BEIRAS adiantou em primeira mão. 
“É um sentimento de regresso a uma casa que, apesar de não ser minha, considero minha”, declarou Madjer ao jornal.
Madjer frisou ainda que “a Figueira da Foz é uma cidade com uma tradição enorme no futebol de praia”.

Entretanto, a agitação e propaganda da malta escolhida pelo bom povo para governar o concelho, continua a promover a governação rigorosa da Pólis – a tal que diminui a despesa e aumenta a receita. 
Entretanto, a agitação e propaganda da malta escolhida pelo bom povo para governar a Pólis, continua a promover o desporto no concelho, a tal promoção que faz com que faz que reste um único problema - ter pessoas, de todas as faixas etárias, a ter condições cada vez mais miseráveis para praticar deposto.
Mas, isso não deve ser lá muito importante: o povo gosta é de ir no embrulho - presumo que seja fetiche nacional, incluindo as ilhas adjacentes. 
Contra factos não há argumentos. 

1 comentário:

Anónimo disse...

De morrer a rir. A Camara ditou ao esquecimento o clube mais antigo do concelho, não tem meios para apoiar os clubes da cidade que fazem formação desportiva mas quer propagandear o futebol de praia afirmando que esta modalidade é uma referencia. O Futebol de Praia na Figueira da Foz foi um sorvedouro de dinheiro que alimentou alguns politicos que à pala deste futebol traziam para aqui os amigos e amigas para passarem aqui uns fins de semana à conta do pagode. Foi através deste futebol de praia que meia dúzia de brasileiros se encheram de dinheiro com jogos de resultados combinados em que no final era preciso aparecerem Portugal e Brasil na final.
Se é para este Futebol de Praia , Dr Ataíde deixe-se ficar quieto agora se quer um futebol de Praia sério, competitivo apoie as equipas do concelho que querem praticar a modalidade dentro das regras e patrocinio da FPF.