domingo, 9 de julho de 2006

A moda que veio da América





A moda veio já há uns anos dos Estados Unidos da América.
Foi o Zé Vidal, um antigo emigrante, sempre ligado a estas coisas da electrónica, que trouxe o primeiro detecta metais.
Estes exploradores da nossa zona balnear, criadores de uma nova actividade económica, são os novos garimpeiros, à procura dos tesouros depositados na areia das praias, pelos descuidados banhistas.
O objectivo é passar o tempo e arranjar algum.
Apanha-se de tudo: moedas, ouro, pratas e caricas, muitas caricas.
Também aqui, estamos em tempos de vacas magras. O sector já conheceu melhores dias.
Parece que não há dinheiro”, ia dizendo o Chico, enquanto trabalhava com a máquina, domingo, ainda não eram 7 horas, no areal da Praia do Hospital.
E as queixas prosseguiam: ”o ano passado safei-me”.
Nem de propósito, a máquina dá sinal que algo metálico estava sob a areia.
Gera-se alguma expectativa, que rapidamente dá lugar à desilusão: era uma moeda de um cêntimo! ...
Isto está mesmo mau! ...
No Algarve é que me safava...”, remata o Chico.
Acompanhámos a faina ainda durante uns tempos: nem um pulseira, nem um relógio, nem uma moeda decente, nem uma aliança, nada! ....Até para a praia, os portugueses vão de bolsos vazios! ...

7 comentários:

fm disse...

é a crise! mas esta semana pode ser que se safe! estava imensa gente nas praias de S.Pedro este Domingo!
Boa Sorte

mondego disse...

pois é...
«vamos apostar no turismo» ,dizem os meninos do fala barato...
o CHICO agradece...

Castelo na areia disse...

Dizem que ainda veremos o Duarte Silva e o Lídio nestas andanças na praia, tal é o buraco financeiro da Cãmara Municipal...

Anónimo disse...

É agora as modas veêm todas da américa...mariquices...se trabalhacem dignamente mas, dá-lhes pra isto...e depois é moda...

fm disse...

Uma da boas modas da América é "Trabalhar para ganhar dinheiro".
Porque será que essa moda não pega cá?

Trigo Limpo disse...

Pois, lá as pessoas são obrigadas a trabalhar, cá não, recebe-se dinheiro para estar em casa(subsídio de desemprego), e ir fazer uns bisquates aqui e ali, este país está aperder a moral, para não falar dos casos desta terra, que é mais uma coisa que, parece que, é feio falar assim dos outros, até mesmo quando estão debaixo do mesmo tecto...Onde vais parar Portugal...já são poucos os que gostam de ti!

Gato Preto disse...

aconselhava o Senhor Zé a comprar uma máquina melhor, daquelas com GPS, sei lá, devia até para encontar o "célebre" petróleo figueirense...