segunda-feira, 10 de julho de 2006

Alguém pode ser comprado sem perder a dignidade?

Fotos: Pedro Cruz




Todo o homem tem valor? ...
Fica a interrogação! ...
Se for livre e despojado,
Ainda que em contradição,
Pode estar em todo o lado...

Mas, há homens que já só têm medo!...
Não têm espírito, abdicaram de lutar ...
São apenas um monte de sebo,
Viscoso e repelente! ...
Qual podridão impaciente
De se fazer notar! ...



Ser homem assim, não!
Com o tempo decai e adoece.
A morte torna-o lixo e apodrece.
Passou pela vida como um comilão.
Fica a lembrança de um estupor.

O que vale a integridade?
O homem é anjo?
O homem é besta?
O homem que quer fazer de anjo ...
Acaba por fazer de besta! ...
Alguém pode ser comprado sem perder a dignidade?

12 comentários:

Anónimo disse...

"Os jovens andam aos grupos, os adultos aos pares, e os velhos simplesmente andam sozinhos."
Apesar de tudo :
O homem pode não ser igual a outro homem, mas é sempre o seu semelhante."

Anónimo disse...

já agora ...
aquela casa branca no futuro não irá ser uma casa de meninas?
brasileiras?
de leste?
...?

Famosoerudito disse...

A isto o que podemos dizer? Nada.
Falta assimatura do autor do texto, mas falta também coragem de chamar as pessoas pelo nome.
Os comentários em cima referenciados, são de quem?
Façamos coisas sérias, porque não é por ter-mos razão que vamos dar de bandeja o ouro ao bandido...
SERIEDADE....PRECISA-SE.
Famosoerudito

Agostinho disse...

Esclarecimento ao famosoerudito:
Ainda recentemente o disse neste espaço - os textos quando não assinados por outro autor, são da minha autoria e responsabilidade.

Agostinho disse...

A propósito de seriedade:
Desde o primeiro momento que todos os que visitaram este blog sabem quem são os autores.
Poderíamos, perfeitamente, tê-lo feito na clandestinidade. Preferimos dar a cara.
Não para sermos famosos ou eruditos.
Estamos entendidos?

Nós três disse...

Apoiado! é assim mesmo! criticar de forma aliatória e despropositada é facil, aliás, é das poucas coisas que alguns sabem fazer! principalmente no anonimato!
Bloguers, Força!!!

Anónimo disse...

Nós três ...ou ... Nós quatro?
Os sempre à mão quando é presiso já não contam para nada?

Luis curado disse...

Belo poema Agostinho e que tão bem expressa o mau urbanismo que se vai edificando neste pais.Ao fim de mais de trinta anos de poder autarquico livre e democrático, estas coisas não ndeviam acontecer.Ainda acredito que na vetusta casa do Capitão Chula,o poder autarquico não permita que se legalize a aberração urbanistica, a que já faltam as pombas, que certamente não seriam , simbolo nda paz. Um abraço de parabens e continua.

Zé dos percebos disse...

Já não passava por aqui há algum tempo mas estou a ver que as coisas estão de vento em popa..
Quanto há casa das meninas segundo sei parece que existe um interesse de alguém ligado ao« laranja»em levar o caso pá frente ,no entanto o antigo presidente era PS ,refiro-me ao Simão opôs-se a tal projecto ...
Agora vamos ver se lhe apertam os cales!!!
Irá ceder? ...
Vamos ver...
Já gora o Simão alguma vez foi PS?
Talvez tenha sido mais um a perceber tarde de mais!!!
Continuem a votar nas putas porque os filhos bem....
Cala-te Zé!!!

domingospassarinho disse...

Foi independente do PS até aprender o que necessitava como o GRANDE AMIGO.

Anónimo disse...

a grande domingos. Tu não és um passarinho, és um passarão!

Anónimo disse...

o sr.passarinho fala de papo cheio?
não gostava?