"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

segunda-feira, 22 de março de 2021

E se Pedro Machado não desiste?

Ontem na Rádio Regional do Centro: "Pedro Santana Lopes vai ser candidato, independente, à Câmara Municipal da Figueira da Foz, nas próximas eleições autárquicas, num regresso à terra onde afirma ter sido feliz.
O antigo primeiro-ministro liderou o município figueirense, eleito pelo PSD, entre 1998 e 2001, quando saiu para se candidatar à autarquia da capital.
Nas redes sociais, Santana Lopes evocou agora os 20 anos dessa saída e o quanto ela lhe custou, referindo que a “Primavera” está de volta.
O nome de Santana chegou a ser falado para protagonizar novamente a candidatura social-democrata, mas o partido optou por escolher o presidente da Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado."

Está mais do que visto. Se dependesse dele, Santana Lopes, após muita ponderação (e ainda o acusam de impulsivo, errático, falta de sentido de estado e sabe-se lá mais o quê...), já estava de regresso à Câmara da Figueira da Foz.
Sempre notável a forma apaixonada como abraça a causa pública. Ternurento o seu amor incondicional à Figueira!
Bem hajas apóstolo predilecto de Francisco Sá Carneiro!
Só que existe um problema. Pedro Machado, não anda por aí: está aí!
Enfim, haja juízo...

1 comentário:

Unknown disse...

As finanças da Câmara da Figueira da Foz, à custa de muitos sacrifícios, estão no rumo certo e controladas, nada melhor que PSL para lhe dar novo rombo do qual é especialista.