.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Morreu o Manuel Mesquita

Foi com enorme surpresa que acabei de ter conhecimento do falecimento do Manuel Mesquita.
MANUEL ANTÓNIO DA PIEDADE MESQUITA, era Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra. Era filiado no CDS/PP. Ocupava as funções de Vice-Presidente da Comissão Política do CDS-PP da Figueira da Foz.
Nas autárquicas de 2017 foi candidato à Junta de Freguesia de S. Pedro.
Com o seu prematuro e inesperado desaparecimento físico a Figueira perdeu um Homem culto e bom. Teria dado, se a Figueira desse espaço à meritocracia, um competente vereador da Cultura.
Era um Homem culto e de horizontes largos, com quem era fácil e dava gosto falar. Embora fosse de um quadrante ideológico diverso do meu mantivemos, nos últimos 5 anos, longas horas de conversa, especialmente sobre um tema que era caro, motivante e gratificante a ambos: a Figueira, cidade que amava.
Sabia muito sobre História. Falámos muito sobre a I Guerra Mundial - na qual participaram familiares do Manuel Mesquita e meus. 
Não foi só a sua família e o seu partido que ficaram mais pobres. Os Amigos que apreciavam a sua cultura, a sua elevação cívica, a sua generosidade, a sua entrega, a sua honradez, o seu carácter, a sua educação, a sua simplicidade e simpatia para com todos, também ficaram mais pobres. Era um verdadeiro Democrata.
Perdi um excelente companheiro de conversas sobre a vida. Era um Homem de causas. Era um político democrático, que defendia os valores, a ética e a honestidade na actividade política. A sua grande preocupação era contribuir para uma Figueira melhor.
Deixa, também em mim, um sentimento  de perda. Já tenho saudade das suas conversas na esplanada do Cabedelo.
À Família enlutada, em especial à Sónia Rodrigues Varela e aos filhos, deixo os meus sentimentos.
O funeral tem lugar amanhã, ao meio dia, no cemitério da Figueira da Foz que fica junto ao convento de Santo António.

1 comentário:

Rogério Neves disse...

Sentidos pesames à familia do Senhor Manuel Mesquita. Falei apenas uma vez com o Senhor Manuel Mesquita e se me é permitido conto aqui uma pequena história. Nas eleições autarquicas de 2017 colaborando com o Foz ao Minuto fizemos uma debate com os candidatos todos que concorriam a S Pedro. Todos falaram da Figueira é certo porém o discurso do Senhor Manuel Mesquita que me disse estar ligado à Figueira da Foz por laços familiares impressionaram-me. No final do debate recordo-me de um comentário meu para o meu camarada da Foz ao Minuto em que eu perguntava o que é que aquele homem estava a fazer no CDS e afirmei não sendo eu militante ou adepto do CDS sen morasse em S Pedro seria em Manuel Mesquita que eu votaria.
Descanse em Paz