.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sexta-feira, 17 de março de 2017

Uma carta de José Manuel Matias Tavares (José Esteves)

Carta recebida via Agência de Nocícias "O Caralhete!" Para ler melhor clicar na imagem.
Está a aproximar-se o tempo da colheita. 
Não sei se os bagos estarão prontos para a ceifa. 
Mas, o tempo está a ficar  curto por essas bandas de Buarcos e São Julião, bastiões socialistas.
Os próximos meses têm que ser bem e intensamente aproveitados. 
Restam apenas 6 meses: 3 de Inferno e 3 de Verão!
Verão...

Para já,  a escrever é que a gente se entende...
Gosto muito de todos os meus leitores. 
Também tenho por todos estima e consideração.
Abraços para quem é de abraços e beijos para quem é de beijos.

Entretanto, leiam e pensem no conteúdo da carta do camarada presidente José Manuel Matias Tavares (José Esteves), especialmente "nos mais nobres objectivos de Servir com a Matriz do Partido Socialista"... 
Buarcos é Buarcos.

Aqui, pela Aldeia, não há preocupação de simetria, mas sim de utilitarismo. Vive-se para dentro.
A função da casa é servir, só e apenas, os seus.
E, pelos vistos, continuam absolutamente certos e seguros...

A redundância, ou o pleonasmo, nem sempre são uma incorrecção. 
Podem servir para realçar e chamar a atenção, bem como podem dar mais colorido, vigor ou graça ao estilo, quando bem empregues. 

Malta: toca a levantar, para cima, esse moral.
Ah: e continuem a sorrir pleonasticamente!..

Sem comentários: