.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 26 de abril de 2012

"O regime democrático vive de equílbrios" ...

... e "sem equilíbrios isto vai acabar mal"... 

 O governo sabe que a UGT é uma ficção sindical, que o seu líder pouco mais representa do que os bancários e que um acordo de concertação social assinado apenas com esta central garante tudo menos a paz social nas empresas. Mesmo assim assina um acordo com esta central, acordo que em parte nem se aplica à maioria dos trabalhadores que ela representa, e usa esse acordo para forçar todos os trabalhadores portugueses a sujeitarem-se a medidas que não tiveram oportunidade de discutir. A palhaçada é tão grande que agora até a UGT se queixa de que o governo só aplica o que lhe interessa, só falta o Gaspar dizer-lhes “não há dinheiro” e depois perguntar-lhes qual é a palavra que não perceberam.

O problema é saber até quando os portugueses vão ser mansos...

Texto completo aqui.

1 comentário:

o cu de judas disse...

qual sistema democrático, de democrático só tem o nome, alguma vez foi chamado a pronunciar-se sobre o orçamento a nível de autarquia e plano de actividades, alguém pediu responsabilidades pelo dinheiro gasto na discoteca Pé de Salsa, e outros nomes, ou do dinheiro pago pelo aluguer do pavilhão onde estavam as oficinas da Câmara na Z.I. ou pelo dinheiro enterrado em rotundas,etc.