FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA.

FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA. FIQUE EM CASA.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Rescisões "amigáveis"!...

Depois de 30 anos de trabalho, um funcionário público pode rescindir o seu contrato por uma indemnização máxima de 9.700€.
Um gestor, depois de 30 dias de trabalho, se for dispensado, leva o valor total dos ordenados em falta até ao termo do contrato...

Via 2711

2 comentários:

Olímpio disse...

Será que está tudo em ordem nesta triste confusão?
As injustiças estão em todo o lado,é por isso que existem ainda alguns homens para combater esta pouca vergonha e falta dela.

o cu de judas disse...

bonito serviço, sim senhor, alguns serão convidados a sair com tão parca miséria, mas de certeza que à espreita pela porta do cavalo já devem estar alguns yes man, e aqueles Boys da máquina partidária. só quem não conhece as normas do sistema acredita nesta história de redução do número de funcionários. Há muitos interesses por parte das máquinas partidárias nesta situação. Não é por acaso que há alguns anos atrás uma militante politica muito conceituada da nossa praça me perguntou se eu não devia o emprego devido ao partido x, que era o que estava na altura no poder: tive a honra de responder que padrinho não tive, e tinha as habilitações necessárias e, mais que tudo, a capacidade para o cargo que exercicia, e que quem pagava o meu ordenado não era o partido mas sim os impostos de todos. Não imaginam a fúria que desencadeei!!