.

#FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA. LAVE AS MÃOS. EVITE CONTACTOS. #FIQUE EM CASA.#FIQUE EM CASA.

sábado, 21 de abril de 2012

"O horrível está por toda a parte"...

O pesadelo da Rua da Várzea,  Figueira da Foz
A Rua da Várzea é uma antiga estrada rural que escapou ao traçado da rodovia urbana e “sobrou-lhe” das obras. Segue quase paralelamente ao troço desta que liga a rotunda do EPST à de Cristina Torres (ou vice-versa). Noutro qualquer país, civilizado, teria sido transformada num aprazível e arborizado acesso pedestre, com uma possível ciclovia, à escola. Mas não neste país. Não na Figueira da Foz. Nesta cidade a solução encontrada é um fenómeno “urbanístico” que talvez só possa ser explicado por um especialista em psicopatologias muito complexas. 
Trata-se isso sim, e como a foto documenta, de um pesadelo visual que, talvez por eu ser demasiado sensível à fealdade, me suscita outros pesadelos que desencadeiam outros, sempre mais malévolos, num curioso e incessante fenómeno sinestésico: faz-me lembrar Mexias & Catrogas, mais os seus salários e reformas, pornográficos; ou Motas & companhias de Jorges Coelhos e outros nefandos e corruptos figurões ou então vereadores locais cretinos e suas abébias, igualmente obscenas e venais. 
É algo infame, humilhante, profundamente miserável. . 
- Mas não é de admirar. Neste país o arquitecto Saraiva, que agora dirige o jornal Sol, também dirigiu, durante anos a fio esse outro sol da democracia que é o jornal Expresso - e ninguém deu por nada – nunca ninguém suspeitou que o pobre homem era um atrasado mental. Neste país um governo que acha que para baixo é sempre a subir, foi eleito democraticamente. Democraticamente. . 
Neste país, abrir simplesmente os olhos já é um pesadelo.

Sem comentários: