.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Mar ameaça casas na zona sul da Figueira




Uma semana após a sua construção
, os passadiços foram destruídos pela fúria do mar, que ainda invadiu o parque de estacionamento da Praia do Cabedelo. O presidente da Junta de S. Pedro afirma que a situação é preocupante, tendo em conta que nos últimos anos se tem vindo a verificar uma erosão costeira mais acentuada.
“Quem vive à beira-mar sabe que há coisas deste género, como se diz na linguagem dos pescadores, o mar faz sempre das suas. Mas a continuar assim, a juntar marés grandes com mar mau vai ser perigoso”, alerta Carlos Simão.
Entretanto, o autarca acautela: “as entidades competentes devem realizar uma intervenção daquilo que existe, bem como fazer uma manutenção periódica de prevenção, já que os molhes são uma forma de suster as areias”. E remata salientando que esta operação é “importante não só para as populações locais, mas também para o país”, uma vez que “a nossa costa é de uma riqueza que deve ser protegida”.

(in Diário as Beiras, de 22/01/2009, página 10)

2 comentários:

Anónimo disse...

Confesso que por imperativos de saúde(mas nada grave..) deixei de beber álcool(por enquanto claro...),e pensei não estar ainda no máximo das minhas faculdades intelectuais ou físicas,quando fui obrigado a ler e olhar melhor para a primeira!!..página deste jornal de coimbra, e verificar que a foto nada tem a ver com o contexto da notícia. Ainda coloquei a ipótese de ter algum resquíçio que em combinação com outros medicamentos,me ande a afectar a minha saúde mental, e por esse motivo ter a detorpação do que me aparece pela frente. Na verdade vindo do jornal "As Beiras"!!... já nada me espanta esta falta de rigor ou sensibilidade,pois relativamente por exemplo ao Mercado Eng. Silva,já todos vimos notícias de apreencção de peixe miúdo;droga ou que o mercado é uma maravilha,ou então ainda, que é um espaço para velhos e desactualizado,ou mais.. com fotos dos "traseiros" de uns musicos,procurando ilustrar uma notícia de decoração de natal nequele espaço tradicional. Desta feita, fala o Carlos Simão e mostram o território do Carlos Moço.
Cuidado "amigalhaços" da cidade dos doutores,já por aqui temos o "caso morraceira",não nos arranjem mais guerras. Ou tiveram "apenas" mais um lapso..?
Vou acreditar que sim,pois eu não sou nada mal intencionado.
Aliás ganhei essa pedagogia porque sou leitor assíduo deste jornal.
Cruzes canhoto!!!...............
Quanto ás virgulas e aos erros ortográficos que possam aparecer neste meu comentário, não levem a mal, pois foi por isso que passei a vender pantufas no mercado, e perdi o emprego!! nos jornais locais,enfim..cada macaco no seu galho,..mas chiça.. um erro!! destes numa primeira página?.. já não há paciência para tanta afronta ou desleixo.

Os meus respeitosos cumprimentos senhor Agostinho.

CUSTÓDIO CRUZ(com todas as letras..e sem mêdo de nada nem de ninguem..)

António Agostinho disse...

Meu caro Amigo (de longa data como diria o Olímpio Fernandes):

felicito-o, sinceramente, pela perspicácia.

Tanto trabalho que tive para obter aquela foto histórica da capa do Beiras de ontem, que só me permitiu postar às 3 horas e treze minutos da matina, e estava a ver que ninguém reparava...

retríbuo os respeitosos cumprimentos que me enviou senhor Custódio.