terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Ontem foi um dia sereno



Ontem, como desejei, tive um dia sereno.
Diria mais, absolutamente sereno.
Fiz anos. E houve alguém que me cantou os parabéns...
Tinha um dia completamente preenchido, entre trabalho, aulas, uma tomada de posse - mas, vivi-o só para mim.
Nesta altura da vida já não se volta atrás, já não se emenda um erro, já não se altera o passado, já não se faz bem o que se fez mal.
Vive-se o que resta.
Mais vale uma vida de sucessão de falhas, do que uma repetição de enganos.
Até me passou ao lado esta amena conversa de três amigos...
O que está feito, bem ou mal, fez-se. Pronto.

2 comentários:

JC disse...

Que contes muitos, serenamente e acreditando que vale a pena.

Vanessa disse...

Parabéns! Que venham muitos mais.
Um beijo deste lado do oceano.