"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

domingo, 18 de maio de 2008

GRUPO DESPORTIVO COVA-GALA


14 comentários:

Anónimo disse...

Mais dinheiro deitado fora.

Anónimo disse...

Cuidado com o que os projectos que os politicos muitas vezes prometem,porque já houve muitas situações em que os projectos nao passaram para a accão.Eu só acredito no novo sintectico quando estiver tudo preparado, mais concretamente os protocolos estiverem estabelecidos,acompanhados pela concretização do projecto.Eu só acredito quando o sintectico estiver mesmo inaugurado, até lá é tudo uma ilusão...Espero que me enganem,e o cova gala finalmente tenha uma viragem de 360 graus em termos de infraestruturas dotadas de condicoes para a prática do futebol.Sem o novo campo o Cova-gala dificilmente teria condicoes para formar uma equipa que pudesse subir bastante no futebol.Sem condicoes dificilmente a cova gala saia do marasmo em que se encontra a nivel desportivo.Digam-me so uma grande duvida,onde ficaria o campo do cova -gala ,é que já estive a pensar e não encontro local possivel de ser ocupado.Só se o campo ficar noutra terra.Podem dizer muitas coisas mas o que se diz muitas vezes não se escreve.E o que penso é que não se escreve.Mas vale a pena acreditar, porque o mundo vive de sonhos, que muitas vezes são ilusões.

Anónimo disse...

Andava tudo a ser cozinhado na penumbra, no silêncio, longe dos olhares observadores e indiscretos. No diz-se, diz-se.

O outra margem, abelhudo, começou a piar.

O Presidente da Assembleia Geral convoca uma reunião geral de sócios para o dia 10.5.2008.

O Presidente da Junta, cheio de medo com o que a assembleia do Cova-Gala poderia decidir força uma reunião, dois dias antes, com o Presidente da Câmara.

Oficialmente, pela primeira vez neste processo, o presidente da junta e o presidente da câmara foram entalados, pois nessa reunião realizada entre José Vidal e Artur Ferreira, por parte do Grupo Desportivo Cova-Gala e Calos Simão e Duarte Silva por parte da junta de são Pedro e Câmara Municipal ficou este important compromisso: “Por ambos os autarcas foi dito que nos garantiam, que em breve iriam pôr por escrito, que o futuro campo de futebol sintético e suas instalações passariam em posse e nome para o Grupo Desportivo Cova-Gala.”

Este compromisso é importantíssimo.

Esperemos que seja rapidamente colocada de forma colocada e límpida a forma como o Grupo Desportivo Cova – Gala, se vier a sair, saí das instalações do Campo do Cabedelo.

Parabéns a todos os que se bateram por esta clarificação..

Um aviso. Agora não adormeçam. Obriguem Carlos Simão e Duarte Silva, a cumprir a palavra.

Um agradecimento especial ao outra margem. Mais uma vez – penso que o caso do piso do campo de futebol ainda não está esquecido - o blogue cumpriu o seu dever.

Anónimo disse...

Dinheiro deitado fora aonde???
Não é dinheiro bem gasto??

O campo ficaria aonde são os armazéns do Alberto Gaspar.

Mas também acredito que nem daqui a 10 anos o campo está pronto..

Vamos ver..

E depois tambem temos que contar com a opinião dos outros clubes, caso da Naval, que não vão gostar em nada, que a Cova-Gala tenha um campo sintético.

Mas caros elementos da direcção, não era:
- dois campos sintéticos
- um pavilhão gimnodesportivo
- uma piscina

TUDO EM NOME DO GDCG

Pelo que ouvi dizer de elementos da direcção era isso.
AGORA JÁ PASSOU PARA UM CAMPO SÓ.
QUE SE PASSA AFINAL?=?

MAIS DAQUI A POUCO FICAM É SEM NADA.

Anónimo disse...

Porque é que esta informação não tem data?

Anónimo disse...

Senhor anónimo de 18 de Maio das 12:00
Se dá uma volta de 360º fica tudo no mesmo.
Vai sim dar uma volta de 180º.

Mas eu percebi a sua ideia.

Anónimo disse...

Não esqueçam, que "o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Duarte Silva, foi constituído arguido no âmbito da investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária de Coimbra, a propósito da construção de uma unidade hoteleira na Ponte Galante, na marginal da Figueira da Foz."

Por uma questão de terrenos... Segundo o jornal Sol, “por uma alegada prática dos crimes de participação económica em negócio, prevaricação e abuso de poder”.

Vejam bem onde se estão a meter.

Anónimo disse...

Vamos lá ver é bom as pessoas,começarem a emitir opiniões e defenderem os direitos da sua terra e do GDCG.
Senão tudo acontecia,na escuridão da noite,eram actos consumados,e a terrinha ficava a ver navios!!!
JÁ ESTAMOS A REAGIR,NÃO NOS VAMOS DEIXAR ENGANAR!

Anónimo disse...

Este projecto do sintetico .. ja s sonham a' quantos anos 5 , 6 !


isto sao puras especulaçoes sobre uma coisa q nao s vai realizar!

Anónimo disse...

ze mexilhao caso não saiba o alberto gaspar já são terrenos mais que comprados pela multinacional fadesa.Alias os projectos defenidos para a construccao nessa area já estao delineados.Só falta a camara provar o P.U, e vai nascer mais cedo ou mais tarde o resort figueira mar.Já estão a reservar apartamentos.Sabem alguma coisa acerca dos terrenos que pertenceram a terpex?Não estou a ver onde podem construir o campo,já que o campo ao que tudo indica vai desaparecer.Axo que o melhor e tomarem posse do antigo campo

Anónimo disse...

O espantoso de tudo isto, meu caro blogger, é uma terra tão pequena ter tanto burro, tanto analfabeto e tant malandro.
Então, é convocada uma Assembleia Geral para tratar de assuntos de importância capital para a vida de uma Colectividade local e só comparecem 15 associados.
Perante isto e o falatório geral, oa que faz a Mesa dessa Assembleia?
Maltrata os cumpridores e interessados na vida comum e premeia os faltosos, os baldas e malandros emitindo um comunicado para os esclarecer?
Essa não lembra nem ao diabo.
Assim não se resolve coisa nenhuma.
Foi dada demasiada importância a quem não a merece e nada tem feito, senão falar, para merecer qualquer tipo de consideração.

Anónimo disse...

Continuo na minha.
A hipótesse real e séria do Cova Gala ter um campo como deve ser incomoda realmente muita gente. Mas quer queiram, quer não, vai ser uma realidade e a curto prazo.
E já agora aproveito para responder ao sr.agostinho (o blogueiro mor) que continuo a achar que tem tido algumas intervenções que mostram alguma falta de respeito com a direcção do Cova Gala mas está longe de estar incluido nesse rol de pessoas, pois sei que no fundo o que quer assim como eu é o melhor para o clube e o que tem dito e escrito vão nesse sentido.

Anónimo disse...

Aqui ha gato, como é que eles garantiram o novo campo assim com tantas facilidades,quando a esmola e muita o pobre desconfia. Enganem me porque eu é que devo estar tolo!!Que assunto esta arguido o presidente da camara?!PK será ?legalizem mas é o campo ao vosso nome não se deixem enganar, porque senão vai acontecer como o buarcos.Não entrem em esperanças ilusórias

Anónimo disse...

"Então, é convocada uma Assembleia Geral para tratar de assuntos de importância capital para a vida de uma Colectividade local e só comparecem 15 associados.
Perante isto e o falatório geral, oa que faz a Mesa dessa Assembleia?
Maltrata os cumpridores e interessados na vida comum e premeia os faltosos, os baldas e malandros emitindo um comunicado para os esclarecer?
Essa não lembra nem ao diabo.
Assim não se resolve coisa nenhuma."
Quer dizer: o erro do Presidente da ASsembleia Geral foi ter tentado que o processo fosse interiorizado pela população em geral e pelos sócios do CDCG em particular.
Segundo o seu ponto de vista, tudo deveria ficar entre os iluminados.
O segredo é alma do negócio?
Olhem o que está a acontecer com o Galante na Figueira!...
A justiça pode tardar mas não esquece.