"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Dizem que vivemos em democracia ...

Foto Pedro Cruz
Não quero ser derrotista, mas confesso que tenho dúvidas !..
Democrata, se for para correr o risco de ser confundido com os que por aí se exibem como tal, não quero ser...
Gostava, isso sim, que houvesse respostas concretas para os problemas do dia a dia: a paz, o pão, o trabalho, educação, saúde e habitação.
A liberalização dos preços dos combustíveis, em princípio, partiu da expectativa de que o aumento de preços dos combustíveis se resolvia com introdução de concorrência.
Ora, todos os dias, o que realmente acontece demonstra o contrário.
Qualquer dia, perdemos a conta às vezes que os combustíveis já aumentaram este ano.
Quando é que os liberais conseguem colocar o mercado a funcionar , sem “a dose de especulação”, por trás do aumento dos combustíveis ?

4 comentários:

Anónimo disse...

Aí está um problema tão difícil de resolver tal como evitar os terramotos na China, os Tsunamis na Indonésia ou os tornados nos EUA. A arte é saber viver, em cada circunstância real, de acordo com a matriz dos nossos princípios. O contrário já o tentou D. Quixote de La Mancha...

Anónimo disse...

Díficil de resorver? Credo home. Inda á dias oubi um homemezinho dezer, na telvison, que isto vai lá com otra politca.
As castrafes naturales nom som um pubrema politico. As politcas podemos nós mudar-las.As castrafes, olhe, deus lá sabe.
Sabe o que lhe diria o meu falcido? "Vá dar banho ao cágado".

Anónimo disse...

Democracia... só quem anda cego é que diz que vive numa democracia.
Nós vivemos numa ditadura democrática,
onde só falta o ditador.

Anónimo disse...

Ó Julius,beja lá se non é uma democracia totali...tota... ah pois... tária.