Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

domingo, 10 de dezembro de 2006

Coisa de miúdos...


Quanto a mim, o sucesso do futebol tem a ver, entre outras coisas, com o facto de não passar de um jogo para miúdos e de uma boa brincadeira para crianças...
É assim que gosto de o olhar...
Portanto, não me venham lembrar, que o futebol é uma coisa séria, que movimenta milhões, que aliena o povão, blá, blá, etc. e tal....
Estou-me nas tintas para isso...
O que eu gosto mesmo é do futebol, um jogo para miúdos e uma boa brincadeira para crianças...

Repito: eu gosto mesmo é de futebol, não é do tabefe do Miguel Garcia ao Miccoli, da peitaça do Quim ao Liedson, da sarrafada exterminadora do Nuno Gomes ao João Moutinho, ou dos pitons do Polga no cabedal do Nuno Gomes...
Gosto é de jogadores como o Mantorras, que transmitem alegria, imprevisabilidade, emoção e divertimento.
O que eu gosto é de futebol, um jogo para miúdos e uma boa brincadeira para crianças...
É possível que o futebol que eu gosto – limpo e sério - já não exista.
Peço, portanto, que por favor provem que o Jorge Nuno e o Major não controlam todo o futebol português...
É que, para mim, a beleza do futebol passa por poder continuar a acreditar que é uma coisa de miúdos e uma boa brincadeira para crianças...
Gostaria muito, mas mesmo muito, de poder continuar a sonhar que o futebol português continua a ser, apenas, um jogo de miúdos e um boa brincadeira para crianças, mesmo sabendo que há alguns adultos que sacam milhões...

Que querem, eu gosto mesmo é de futebol, um jogo para miúdos e uma boa brincadeira para crianças!...

1 comentário:

red angel disse...

parabens pelo blog,abraço