Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

segunda-feira, 25 de dezembro de 2006

Ainda há rebanhos no Baixo Mondego



Margem do Rio Mondego, frente à Ereira, dia 25 de Dezembro de 2006, 7 horas e 35 minutos.
Está neblina, faz frio, muito frio mesmo, e a erva está coberta por uma impressionante camada de geada, formada no decorrer da noite da consoada.
As ovelhas e os cabritos andam pacatamente a tratar da sua vida, isto é, alimentando-se do que a mãe natureza generosamente lhes dá.
Mesmo em Dia de Natal, a vida, aqui, é de uma pureza e de uma simplicidade que até impressiona!...

3 comentários:

Anónimo disse...

Aqui está uma bela e ilustrativa foto.
A população portuguesa, vista do espaço.

Anónimo disse...

Qual quê?
é a equipa do cova-gala em estágio, pá!

Anónimo disse...

vista do espaço?? essa não entendi!
o que vês tu dino? saurios?
Não, são ovelhas, fugidas do presépio, a pastar a esmo, tal e qual a população portuguesa a que orgulhosamente deves pertencer. Bem hajas dino...sáurio?