.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Geralmente até me dou bem com as contas, por mais complicadas que sejam, mas confesso que estes números são estranhos...

Imagem via Diário as Beiras
O ano passado, a Feira Industrial, Comercial e Agrícola de Maiorca (FINDAGRIM), realizou-se de 8 a 12 de agosto. O orçamento, para a edição de 2018 foi de 100 mil euros, menos 30 mil do que no ano de 2017. Todavia, as contas finais da FINDAGRIM/2018, ficaram assim:
receitas ascenderam a cerca de 122 mil euros. Despesa situou-se nos 170,5 mil euros. Défice chegou perto dos 48,3 mil euros.
Hoje, no Diário as Beiras pode ler-se em título: "FINDAGRIM reduz orçamento em 45 mil euros".
No corpo da notícia,  "Rui Ferreira (presidente da junta deMaiorca) O autarca que o orçamento deste ano, de 130 mil euros, sofreu uma redução de 45 mil euros, em comparação com 2018, ano em que registou um prejuízo de cerca de 40 mil euros. A Câmara da Figueira da Foz contribui com 30 mil euros, podendo ir até aos 40 mil, se houver passivo."

Sem comentários: