.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

terça-feira, 16 de abril de 2019

A nova administração portuária não tem ninguém da Figueira nem do Baixo Mondego

Fátima Alves, especialista em Ambiente.
Inicia hoje funções a nova administração dos portos da Figueira da Foz e Aveiro.
A equipa é liderada pela professora da Universidade de Aveiro, Fátima Alves, que substituiu Olinto Ravara. Fazem parte desta nova equipa de administradores, além da presidente do conselho de administração, Nuno Marques Pereira, Isabel Moura Ramos e Hélder Nogueira.
O novo elenco não integra nenhum elemento da Figueira da Foz ou do Baixo Mondego.
Luís  Leal,  antigo  presidente  da  Câmara  de  Montemor-o-Velho, pertenceu à administração portuária durante os últimos quatro anos, fazendo a ligação da sede, em Aveiro, à Figueira da Foz.
“Saio com o sentimento do dever cumprido. Mas, do ponto de vista mais emotivo e sensível, para quem gosta da Figueira da Foz, saio satisfeito pelo que foi feito”.“Estamos esperançosos que a Figueira da Foz não fique esquecida, com investimentos muito fortes que não podem parar, para aumentar a capacidade do porto e da segurança da barra. O porto da Figueira da Foz, hoje, tem todas as portas abertas para ser um porto da região e não apenas da cidade”, afirma Luís Leal no Diário as Beiras.

Sem comentários: