"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

No comboio descendente

"É assim que as coisas funcionam: primeiro nomeamos [nomeiam] um militante [Manuel Queiró] administrador duma empresa pública que, por inação ou por aplicação do princípio "muita parra e pouca uva" ou "muito barulho para nada", leva à gradual degradação e desvalorização da empresa, depois é alegar que os privados fariam melhor que o Estado e meter o contribuinte a pagar a privatização da empresa. Saiu-lhes as contas furadas, com o PCP e o Bloco a forçarem o Governo da 'Geringonça' e, no comboio descendente, já não vir ninguém à gargalhada."

daqui

Sem comentários: