Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

sábado, 25 de agosto de 2018

Embora sabendo que nunca há horas suficientes num fim de semana para certas pessoas, deixo este poema das Árvores de António Gedeão. Porque hoje é sábado!

Sem comentários: