Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Os poetas

Os portugueses, todos o sabemos, deixaram morrer de fome o seu maior poeta. 
Os portugueses continuam assim: deixam morrer todos...
E sem fazer distinção entre os grandes e os pequenos...

Sem comentários: