"Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha." - Confúcio

sexta-feira, 25 de maio de 2018

A minha "sorte"...

Tal como toda a gente, na vida também já tive aqueles momentos a que costumamos designar como de "sorte" e de "azar"...
Afirmo, desde já, que não acredito muito na "sorte" e no "azar"...
Afinal, o que é a "sorte" ou o "azar"
Normalmente, é uma justificação que encontramos à posteriori para justificar as coisas que fazemos, ou deixamos de fazer.
A minha "sorte", ao longo da vida, não foi não ter tido "azares"...
A minha "sorte", foi, até hoje, ter conseguido esquecer todos os "azares"...
A minha "sorte" foi ter conseguido agarrar a vida.
E sorrir!.. 
Sorrir muito.
Gosto de ser assim: agarrado à vida! Não conheço outra coisa. E a morte dura que se farta...

Sem comentários: