Sou o senhor de meu destino; Sou o capitão de minha alma.” William Ernest Henley

sexta-feira, 25 de maio de 2018

E conseguiríamos viver sem o cheiro do petróleo?

Um dia vamos conseguir...
Ele vai acabar. 
Mas, entretanto, esgotaremos, até à última, a oportunidade de poluir...
Ao que parece, temos energia mais barata.
Somos absolutamente incorrigíveis.

Sem comentários: