Ernest Hemingway: «Um homem pode ser destruído mas não vencido.»

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Entre os Ventos e as Marés, com Pedro Agostinho Cruz...

Desafiado, na passada quinta-feira, em directo na Foz do Mondego Rádio, o Pedro embarcou na vertigem da viagem sem medo nem espanto. 
Falámos sobre o seu percurso, a fotografia, as referências, o futuro, a sua aldeia, a cidade, etc.
Falámos de nós. Da realidade. Sobretudo, da vida. 
Não teve qualquer problema em arriscar, sabendo que na vida não há um mínimo de segurança.
O Pedro foi igual a si próprio.
Olhou de frente e com liberdade o desafio. 
Rejeitou a moral óbvia. 
Não teve problema em assumir a solidão numa cidade envolta pelo nevoeiro.
Ouçam. Simplesmente, porque vale a pena.



Nota de rodapé.
Esta primeira série  de Entre os Ventos e as Marés terminou com a entrevista a Pedro Agostinho Cruz.
Fica o acesso a mais duas entrevistas, que fazem parte desta fase do programa.
A saber: as conversas com Sónia Pinto (e Aldina Matias) e a Liga dos Amigos do HDFF.

Sem comentários: