.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

sábado, 13 de janeiro de 2018

Erosão a sul do "5º. molhe": para João Ataíde, "para já não se mostra necessária nenhuma intervenção"!.. Entende que por agora a duna mantém-se sustentável!..

Imagem sacada do jornal AS BEIRAS, edição 13.1.2018
REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ REALIZADA À PORTA FECHADA – 08/01/2018 - PONTOS EM DESTAQUE.
Erosão Costeira a Sul do concelho
O Vereador Miguel Babo(PSD) criticou a postura assumida pelo Presidente da CMFF em ter recebido o Ministro do Ambiente e ter-se deslocado ao local sem dar conhecimento aos Vereadores da oposição e aos jornalistas. 
A esse propósito respondeu o Presidente da CMFF que a circunstância ocorreu de forma repentina e aproveitou a oportunidade do Ministro se encontrar no zona norte do país para tratar do assunto. 
Questionado sobre o que ficou decidido com o Ministro do Ambiente pelo Presidente da CMFF foi dito que foi decidido realizar obras de protecção da duna que à partida passará por uma operação de enrocamento da mesma. Questionado pelo Vereador Carlos Tenreiro(PSD) acerca da data do início da obra de sustentação da duna, designadamente, junto ao “5º molhe” o Presidente da CMFF respondeu que “para já não havia uma data para o arranque da obra e que primeiramente se vai efectuar um estudo para avaliar a situação”
Perante a insistência daquele Vereador acerca da necessidade de serem tomadas medidas urgentes para atenuar aquele problema, o Presidente da CMFF referiu “que para já não se mostra necessária nenhuma intervenção” entendendo que por agora a duna mantém-se sustentável. 

Sem comentários: