.

“O que impede de saber não são nem o tempo nem a inteligência, mas somente a falta de curiosidade.”
- Agostinho da Silva

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

"A comédia dos quiosques", um filme em exibição na Figueira há mais de 2 anos!

Notícia de primeira página do Diário de Coimbra de 18 de outubro de 2016: "na Figueira, novos quiosques são instalados para a semana".
Onde é que já lá vai o prazo de execução da obra (90 dias!)...
Hoje, o jornal AS BEIRAS regista que "a empreitada para a substituição e construção de novos quiosques, num total de 15, contabiliza cerca de dois anos de atraso." 
Para a autarquia figueirense, "os incumprimentos dos prazos justificam-se com alterações técnicas ao projecto, ao pedido de adiamento das obras pelos concessionários e a atrasos por parte do construtor e único concorrente do concurso público lançado pela Câmara da Figueira da Foz". 
Os projectos para os três modelos (simples, duplo e “americano”) foram elaborados por técnicos da autarquia, o que implicou mais tempo para o fabrico das estruturas, uma vez que não existiam modelos pré-fabricados. 
Neste momento, “só” falta instalar dois quiosques. 
Entretanto, um terceiro encontra-se em fase de conclusão. 
Este, situado na praça 8 de Maio, começou a ser instalado no dia 20 de novembro do ano passado. Inicialmente, a autarquia previa que fosse construído um quiosque por semana, mas os prazos foram-se dilatando...
O vereador Carlos Monteiro  em declarações que podem ser lidas na edição de hoje do jornal AS BEIRAS, afirma "que tem havido falta de mão-de-obra especializada, o que também estará na origem dos atrasos." 
Segundo o mesmo jornal, "ao que tudo indica, a empreitada geral, na qual o município investiu cerca de 320 mil euros, deverá ficar concluída no primeiro semestre do corrente ano." 

Neste processo, há ainda a realçar a polémica gerada em torno do modelo “americano”, cuja autoria do projecto original é reivindicada pelo Clube Náutico da Figueira da Foz, que acusa a câmara de plágio
A Figueira é uma comédia...
Porém, não podemos deixar de continuar a acreditar que, na Figueira, apesar de todas as resistências, enganos e mal entendidos, os quiosques são o futuro da nossa cidade.

1 comentário:

Anónimo disse...

Está uma linda obra na rotunda nova ao pé da piscina do ginásio, com direito a quiosque novo!