.

"Como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os estados socialistas, os estados capitalistas e o estado a que chegámos" na Figueira.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Pequenas coisas a que ninguém liga…

 (… passe a imodéstia, a crónica está lindamente escrita. Vale a pena lê-la… A vida exaspera-nos, aborrece-nos, entristece-nos, maça-nos... E, todavia, não há nada mais sublime que ela. Tem a sua parte enfadonha, é certo, mas dá-nos tanto! Viver é ser-se surpreendido a cada passo, é enternecermo-nos com o que é belo, é deixarmos que os sentimentos tomem conta de nós, é sorrirmos para os outros. Vale a pena viver. E ler...)

Nas últimas autárquicas, a sede de campanha do excelso edil,  doutor Rainho Ataíde da Neves, ficou num sítio muito visível, aprazível  e, estrategicamente, de se lhe tirar o chapéu.
E o preço?
Pois esse não sabemos. Apenas se pode dizer, que o edifício é de um empresário figueirense de sucesso, e que o mesmo tem um pedido de licenciamento de um hotel para o edifício em causa.
Coincidências? Pois...
A política, por vezes, tem transparências opacas. 
Não cito o ditado da mulher de César, mas a Figueira tem tanto espaço devoluto, que é caso para dizer: - Não havia necessidade.
Como disse o douto esotérico José Fernandes, para Nuno Cid,  o seu "cavalo de Tróia  de Montemor": - o Rainho Ataíde, agora está por sua conta. Mais do que nunca, temos que tomar conta do castelo, e só falta colocar alguns peões de brega no tabuleiro do poder, nomeadamente o da revolução abortada da mega freguesia Buarcos e São Julião.
E o Monteiro?
Esse é só fumaça,  corre em pista solitária e fará sempre tudo para não voltar a dar aulas de biologia.
E os figueirenses?
São como mexilhão, quando o mar bate na rocha...
Mais quatro anos lixados.
O pior é que pagam todos na mesma medida, uns mais do que outros - grande Orwell, e enorme José Fernandes (até já o cito. E ele bem merece. Saravá...).

5 comentários:

Anónimo disse...

Alguém pode informar quem é este doutor José Fernandes. De onde vem? De onde ele saiu? É do PS da Figueira? Nunca vi tal alma, já o Cid de Montemor lembro-me dele da JS Montemor, mas politicamente medíocre e é un falso humilde simpático, bom para beber uns copos na noite, essencialmente no maresia e agora dizem-me que é vereador. Isto está tudo doido na Figueira. E uma tal Mafalda da JS também é vereadora. Por amor da Santa, só falta o Cubilhas, mas perante tanta mediocridade não aceitou o lugar. Mas continuo a perguntar quem é esse tal doutor José Fernando e de onde lhe vem tanto poder??? Por aqui já falaram que é da maçonaria onde dizem que ele é Bispo. Será??? Hum, não parece. Digam lá, quem é este tipo???

Anónimo disse...

Esta dupla importada Montemor, José Fernando e Nuno Cid ainda vão dar muito que falar. Representam os interesses dos aventais. A estes juntam-se Luis Ribeiro, Rui Duarte, Hélder Rocha,entre outros que se movimentam na Câmara como soldados da guarda pretoriana do avental liderados pelo alpinista José Fernando, estudioso da arte da guerra e versátil manhoso. Vão esperar que Monteiro e Portugal se matem fraticidamente pelo poder, para depois ficarem com o caminho livre nos destinos da Câmara com o apoio da loja Fernandes Thomaz. O PS, ou o que resta dele, vai agonizando e cada vez mais se torna num albergue espanhol. Os verdadeiros socialistas estão cansados e assistem no camarote indiferentes aos oportunistas que prestam à vassalagem da gamela do poder. Os destinos da Figueira estão lançados nos Búzios de forasteiros que se servem da Figueira como uma pobre meretriz.
E o PSD continua em águas perdidas, também ele orfão de liderança.

Anónimo disse...

Almoços grátis?

Anónimo disse...

ANC-CARALHETE NEWS no seu melhor.

Anónimo disse...

Parabéns pela coragem com que escreve e com que desmascara essa banda de interesseiros da câmara municipal.